Rosquinhas de Pinga do Tom Abrahão

Rosquinhas de pinga com cobertura delícia de açúcar e mais uma pra lista dos favoritos!
rosquinhas de pinga

Essas rosquinhas parecem muito com as rosquinhas de sal amoníaco que já apareceram por aqui. Crocantes e muito pouco doces, elas não retém nenhum sabor da pinga depois que são assadas. E pra quem não bebe ou tem criança em casa já fica minha dica: não empanem as rosquinhas que elas ficam liberadas pra todo mundo! Já pra quem curte o sabor da bebida, é o empanar que dá toda a graça da receita. Por isso mesmo, atenção: escolha bem a pinga já que o sabor dela aparece sim no resultado final.

Mudanças na receita? Nenhuma. Fiz apenas metade da original mas mantive todas as proporções. E transferi as medidas de gramas para xícaras e colheres também! Realmente não dá pra sempre repetir exatamente a mesma proporção em minúsculos detalhes, como acontece com a balança, mas acho que assim fica mais fácil pra todo mundo né? Pra quem quiser conhecer a receita original, essa é mais uma que copiei em um dos cursos da Eduk, no caso o Biscoitos e Cookies do Tom Abrahão (nenhum parentesco que eu saiba).

Rosquinhas de Pinga – original aqui

1 1/2 xícaras de farinha de trigo
1/4 xícara de açúcar refinado
25g de manteiga pommade
1 colher chá de sal amoníaco
1 ovo pequeno
25ml de leite
20ml de pinga

Para empanar: pinga e açúcar, cristal ou refinado conforme o seu gosto; eu usei cristal.

Misture todos os ingredientes secos, adicione os molhados e misture até formar uma massa lisa e coesa. Se precisa de mais farinha ou leite adicione bem aos poucos até acertar o ponto. (eu precise de mais leite)
Abra a massa com pouco mais de 0,5cm de espessura e corte tiras de cerca de 10cm de comprimento e 0,5 de largura. Vale usar régua ou medir no olho mesmo. Torça cada tirinha fazendo uma espiral e depois junte as pontas formando a rosquinha.
Asse em forma untada e enfarinhada (ou com tapete de silicone), em forno aquecido a 200C, até dourar o fundo. Espere as rosquinhas esfriarem e empane: passe na pinga e depois no açúcar. E espere secar bem antes de guardar em uma lata.

Salvar

Salvar

Salvar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *