Geleia de ameixa, e uma base para outras opções

Geleia de ameixa, com textura leve e um suave azedinho, típico da fruta, pronta pra acompanhar biscoitos, pães, bolos, queijos, carnes… O que a gente quiser!

geleia de ameixa

Essa é daquelas receitas bases pra diversas alterações. E ela mesma a alteração de outras geleias que já fiz por aqui. Mas acho sempre bom divulgar esse tipo de base, pois alguns detalhes mudam conforme o tipo de fruta, como a proporção de açúcar por exemplo. Aliás, essa geleia de ameixa é uma receita de proporções, não tem medidas exatas porque tudo vai depender de quanto cada passo vai rendendo.

Esse “rendimento” começa na água de maçã, que é o grande truque das geleias naturais. É que a maçã é muito rica em pectina, que é o que vai dar a textura gelatinosa das geleias. Esse ingrediente é incluído na forma sintética em muitas geleias industriais, mas a gente consegue extrair a versão natural apenas fervendo as maçãs. A melhor opção pra fazer isso é a Granny Smith, aquela maçã verde grandona, bem azedinha. Se você não tiver dessas por perto pode usar qualquer outro tipo mas, se puder escolher, prefira as mais ácidas mesmo.

geleia de ameixa

Depois que as maçãs forem cozidas é só medir o caldo dela e ele será a base de toda a receita. Mas todas essas medições são feitas com peso. Então uma balança é meio que necessária pra essa geleia de ameixa. Não precisa ser a balança mais precisa e chique do mundo (mas pode, se essa for a sua), então com um baixo investimento você já consegue uma ferramenta boa pra sua cozinha.

Nesse link tem algumas opções de balanças para vários bolsos, de 24,90 a 300,00.

Com balança em mãos, e entendendo a importância das maçãs, agora é só brincar com a receita. Eu usei ameixas amarelas, aquelas com casca vermelha e polpa bem amarelinha, mas você pode usar qualquer fruta parecida: nectarinas, pêssegos, ameixas roxas, e por aí vai. Além dessas alterações você ainda pode alterar a textura! Eu quis uma geleia de ameixa bem transparente e leve, então não usei os pedaços de fruta. Mas você pode fazer geleia tipo pedaçuda, não usando a peneira antes de adicionar o açúcar, e pronto: um resultado completamente diferente!

geleia de ameixa

Geleia de Ameixa

2 maçãs grandes*
500ml de água
ameixas
açúcar

*veja texto acima

Pique as maçãs em cubos grandes sem descartar as sementes, nem os cabinhos ou a casca, e junte com a água em uma panela. Leve ao fogo médio e deixe cozinhar até que as maçãs fiquem macias. Retire do fogo e passe por uma peneira. Se quiser uma geleia mais translúcida não retire muito da polpa das maçãs, use apenas o líquido. Se não se importar com a transparência aperte beeem as maçãs e use toda a polpa que passar pela peneira.

Meça a água e use o mesmo peso em ameixa, então se depois de cozinhar as maçãs você ficar com 500ml de água, use 500g de ameixas. Mas não conte o caroço na hora de pesar. Pique as ameixas em cubos, com a casca mesmo, e junte com a água de maçã em fogo médio. Depois que ferver, deixe cozinhar por cerca de 3min em fogo baixo. Passe novamente por uma peneira. De novo, se quiser uma geleia bem transparente é só não apertar muito a ameixa na peneira, senão pode amassar a vontade.

Se quiser fazer uma compota em vez de cozinhar a ameixa bata no liquidificador com a água de maçã e pule para a próxima etapa.

Pese o suco de ameixas cozidas e leve para uma panela com metade do seu peso em açúcar. Então se você tiver 700g de suco de ameixa, vai junte 350g de açúcar, e por aí vai. Agora é só deixar a geleia cozinhar até atingir o ponto de geleia. Lembre de mexer de vez em quando primeiro pra não queimar o fundo, e segundo porque o líquido sobe. Para saber o ponto deixa um pires no congelador quando começar tudo. Quando a calda começar a engrossar derrame uma colherada no pires e volte ao congelador por dois minutos. Se a geleia estiver firme quando sair do congelador é porque pode tirar do fogo. Guarde em potes de vidro e na geladeira.

Dica: o ponto de uma geleia sempre pode ser arrumado depois. Então se no dia seguinte você reparar que a geleia ficou muito mole, é só voltar pro fogo e deixar apertar mais o ponto. E se tiver ficado muito dura ou puxenta, é só voltar para a panela com um pouco de água e ir dosando o ponto novamente.

———————-
Em 2015: Figos Grelhados
Em 2016: Drink Amarelão

2 comentários sobre “Geleia de ameixa, e uma base para outras opções”

Deixe uma resposta