Cachorro quente canibal – Halloween

Nesse Halloween que tal um cachorro quente, simples basicão, com um leve toque de horror pra combinar com a data? Eis nosso hot dog canibal de Halloween!

cachorro quente cortado em forma de dedo - halloween

Chegou dia 31 e você não planejou nada mas agora quer um lanche/janta temático? Esses cachorros-quentes são rápidos e dão todo clima de filme de terror pra mesa. O grande tchan são os detalhes que transformam simples salsichas em dedos!! Com uma faquinha afiada corte um quadrado da “pele” da salsicha em uma das pontas. Pra completar faça pequenos cortes para imitar as dobras dos dedos. Aproveita que o melhor modelo tá aí segurando a faca e copia.

Salsichas prontas é só fazer o molho! E molho de tomate cada um faz o seu favorito. Se você frequenta essas bandas há algum tempo já deve até ter visto o nosso molho de tomate caseiro. Dá pra fazer hoje ainda, e só acrescentar um pouco de ketchup pra virar molho de cachorro quente! Ferve as salsichas nesse molho um pouco e pronto!
cachorro quente cortado em forma de dedo - halloween

Aqui foi a versão simples (pão, molho, salsicha), mas vale inclusive montar um bar self-service com todos os complementos típicos da sua região, ou do seu gosto.

——————————
Em 2014: Sangria

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Pão Cthulhu – drops de Halloween

Primeiro vídeo do Cozinha! E de Halloween!! E inspirado no terror das profundezas, o horripilante, gigantesco e impronunciável: Cthulhu!
(agradecemos se alguém ensinar como que fala isso aí….)

pão verde em forma de polvo para o halloween

Esse pão meio polvo, meio lula, meio ser indecifrável, veio do pão noel de um natal passado. Pois é. Um comentário no facebook mencionou a semelhança da barba com os tentáculos e pronto: receita anotada até o próximo Halloween!
Então dessa vez não tem receita em si por aqui, já que dá pra usar qualquer receita que você preferir. Eu usei o nosso pão simples, apenas acrescentando um pouco de corante na massa. Na dúvida eu sempre escolho ele porque é uma massa que sempre fica levinha e gostosa.

(Se quiser um pão saborizado é só procurar na nossa tag Pães que tem um monte de receita pra escolher!)

Pra ver o passo a passo é só dar play no vídeo aí em cima (que chique escrever isso!), mas sempre bom dar umas dicas né?
– Esse pão ficou parecendo muito mais uma lula que um polvo, pra evitar esse efeito é só usar menos massa na cabeça e mais nos tentáculos.
– Ele ficou um verdinho bem claro, para um resultado mais dark é só misturar uma gotinha de corante preto no corante verde tanto na massa quanto na gema pra pincelar.
– Os olhos foram apenas buracos mas uma opção legal é separar duas bolinhas de massa, colocar cada uma no buraco de um olho e pincelar com gema com corante preto pra dar mais contraste.

——————————-
Em 2014: Minhocas de gelatina
Em 2015: Maçã caramelada de halloween

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Biscoitos sangrentos – Halloween

Biscoitos sangrentos, ou como transformar um petisco gostoso e simples em algo pra aterrorizar nesse Halloween.
Biscoitos com sangue falso para o halloween

Esse truque foi usado em biscoitos 123 mas a verdade é que dá pra usar em qualquer receita, como um bolo por exemplo. Escolhi esses biscoitos porque eles são simples de fazer, fáceis de saborizar, e não conheço quem não goste. Do mesmo jeito a casquinha de açúcar foi a mais tradicional, com água, porque é a mais fácil de todo mundo gostar. Mas vale usar o suco que você quiser, sempre pensando que quanto mais branca a casquinha, maior o contraste com o falso sangue!

Biscoitos com sangue falso para o halloween

Corante bem diluído e bem espalhado pelos biscoitos

E quanto ao falso sangue, tem duas formas de fazer. A receita original, lá do especial de Halloween do Annie’s Eats, manda afinar o corante até uma consistência que espirre. E foi o que fiz e deu certo. Mas acaba que espirra bastante e os biscoitos ficam bem manchados. E no dia seguinte a água usada pra diluir o corante acaba corroendo a cobertura de açúcar e a aparência fica beem assustadora, lembrando uma ferida… Se a intenção são biscoitos bem macabros, tá aí: dilua o corante!

Se a intenção são biscoitos mais finos que apensa lembrem que é Halloween, não dilua o corante. Ele vai espalhar menos, então pode dar mais trabalho para cobrir os biscoitos. Mas ele sozinho não vai corroer o açúcar, e o resultado no dia seguinte será menos intenso.

Biscoitos sangrentos – original aqui

1/2 xícara de açúcar refinado
200g de manteiga sem sal em temperatura ambiente
2 1/2 xícaras de farinha de trigo
Açúcar de confeiteiro
Água ou suco de limão
Corante em gel vermelho*

*Se não tiver corante em gel ainda dá pra fazer, é só usar a técnica de diluir em água e prestar atenção pra textura final da mistura.

Misture o açúcar refinado com a farinha e a manteiga até conseguir uma massa coesa. Embrulhe em filme plástico e leve para a geladeira por cerca de 30min. Modele os biscoitos conforme a sua vontade e leve ao forno, aquecido a 200°, até que apenas comecem a dourar.
Deixe os biscoitos esfriarem e então prepare a cobertura e açúcar. Misture o açúcar de confeiteiro com a água/suco de limão bem aos poucos até conseguir uma textura que dê pra passar nos biscoitos, mas que não seja muito líquida pra não ficar escorrendo. Cubra os biscoitos já frios e deixe descansando até secar bem.

Daí tem duas opções:
Para uma sangueira mais intensa e biscoitos com “cara de ferida” dissolva um pouco o corante em gel em um pouquinho de água. Mergulhe um pincel* ou garfo nessa misture e com o dedo espirre o falso sangue sobre os biscoitos.
Para biscoitos mais contidos use o corante em gel sem diluir, vai demorar mais a cobrir os biscoitos e a cor vai ficar mais intensa. Então é ver qual resultado e quais ferramentas são melhores pra você.
Deixe secar bem antes de guardar em uma lata.

Biscoitos com sangue falso para o halloween

Sangue falso com corante não diluído

*Se puder dê preferência para pincéis de silicone porque não tem perigo de manchar.

——————————
Em 2015: Múmia de carne moída

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Olhos em conserva!!! – Halloween

Para enfeitar a festa ou assustar quem abrir a geladeira, esses olhos de gelatina são a cara do Halloween!olhos de gelatina e pudim

Assim como o bolo teia de aranha esses olhos estão anotados no meu caderninho desde o ano passado. E confesso que achei que não ia conseguir fazer, mas apesar de parecerem ser trabalhosos eles são bem simples. Bem do tipo mistura e leva pra gelar na maior parte da receita.

A original foi feita em forminhas próprias para gelo esférico; a parte boa é que os olhos saem já inteiros, mas a parte ruim é que essa forma não é muito barata nem fácil de achar. Eu preferi usar uma forma para bombons tipo cereja, que são baratas e fáceis de achar, e acabei gostando muito do resultado. A única diferença é que para fazer os olhos inteiros você vai precisar de um pouco mais de  pudim do que na receita abaixo.
E a cor dos olhos foi escolhida porque das opções de gelatina disponíveis no momento, a de limão era a mais gostosa. Ou seja, fica a critério de cada um, principalmente se a maior intenção for enfeitar a festa. Dica: para olhos castanhos use uma gelatina amarela e troque parte da agua por café!

olhos de gelatina e pudim

Olhos em conserva – original aqui

1 colher sopa de gelatina – da cor que você quiser os olhos
50ml de água fria

30g de chocolate – usei meio amargo
1/4 colher chá de gelatina sem sabor
corante em gel preto
10-20ml de leite*

1 embalagem de pudim de coco
leite pra preparar o pudim
1 colher sopa de gelatina sem sabor

1 forma de bombons cereja ou para gelo esférico

Para a íris: Dissolva a gelatina colorida na água fria e aqueça apenas o suficiente para dissolver realmente a gelatina, mas não deixe ferver. Vale usar o banho-maria pra ter mais controle, mas vai demorar bem mais. Divida essa gelatina nas forminhas e leve para a geladeira até endurecer.

Para as pupilas: Com 20ml de leite a mistura fica bem líquida e espalhável, então as pupilas ficam bem grandes. Para pupilas menores use apenar 10ml de leite. Hidrate a gelatina sem sabor no leite conforme as instruções a embalagem e aqueça também conforme a embalagem. Junte ao chocolate e ao corante e misture até que o calor da mistura derreta o chocolate. Transfira para uma sacolinha de chup-chup (sacolé/geladinho) ou outra sacolinha pequena e feche. Faça um furinho minúsculo numa quina da sacola e transfira pequenos círculos dessa mistura bem no meio da gelatina colorida, já firme. Volte com a forma para a geladeira até que firme.*

Por fim prepare o pudim conforme a embalagem. Será necessária cerca de 3/4 de xícara de pudim já preparado. Hidrate a gelatina sem sabor em um pouco do pudim ainda quente e misture ao restante da medida. Espere amornar e então preencha as forminhas com essa mistura. Por fim leve tudo para a geladeira para acabar de firmar.
Se for servir como petisco é melhor deixar apenas os olhos no vidro em que for servir. Se for usar apenas como decoração prepare um chá mate (ou café) bem fraco e preencha o vidro para dar o aspecto de uma conserva.

* Para o efeito das pupilas desmanchando não espere essa mistura firmar completamente antes de cobrir com o pudim.
olhos de gelatina e pudim

——————————
Em 2014: Frapuccino

Salvar

Salvar

Salvar

Pão abóbora – drops de Halloween

Nem só de receitas especiais vive o nosso Halloween. Hoje tem dica de como transformar qualquer receita de pão em enfeite de mesa comestível e temático!
Pãezinhos de abóbora em formato de abóbora

O maior segredo dessa receita é usar uma massa que você conheça bem e confie. Então escolhi o pão de abóbora que já apareceu por aqui. Podem confiar que ele cresce na medida certa pra manter o formato da mini abóbora! É claro que pra quem preferir um pão de sabor neutro é só acrescentar um pouco de corante no lugar de usar o vegetal em si. Mas gente, vai perder a oportunidade de acrescentar um ingrediente saudável numa receita gostosa?
E pra quem quiser tentar a receita de onde tirei essa ideia, lá no Peaceful Cuisine tem tudo explicado (em inglês ou japonês). A receita dele além de vegana ainda é recheada!
Pãezinhos de abóbora em formato de abóbora

Massa escolhida, é só fazer as abóboras: faça bolinhas com pequenas porções de massa e amarre com barbante. Como se fosse um presentinho, passe o barbante 4 vezes ao redor da massa formando 8 linhas. Mas ó não precisa apertar nada, quando o pão crescer a mágica acontece e fica a marca. Dica extra: para facilitar manipular o barbante passe cada pedaço do fio em um pouco de farinha antes.
Pãezinhos de abóbora em formato de abóbora

Pra finalizar vale aproveitar o forno quente e torrar as sementes da abóbora com uma pitada de sal. Além de deliciosas elas dão acabamento pros pãezinhos já assados, formando o cabinho.

—————————
Em 2014: Guacamole
Em 2015: Monstro de Espaguete

 

Salvar

Salvar

Bolo de chocolate de teia de aranha – Halloween

Um bolo bem tradicional de chocolate com doce de leite mas com um visual horripilante pra esse Halloween!
bolo de chocolate com teia de aranha de marshmallow

Esse bolo foi um especial do canal How to Cake it pro Halloween do ano passado, e desde então ele tá anotado no meu caderno de testes. E eu doida pra outubro chegar pra eu experimentar fazer teia de aranha com marshmallow!
A massa é a mesma do original, uma variação desse bolo de baunilha, e eu apenas diminuí a quantidade pras minhas mini formas (13cm). Já o recheio foi completamente trocado; enquanto o original é um creme italiano de manteiga alaranjado, o meu foi doce de leite no melhor tom vermelho sangue.

Mas o grande espetáculo desse bolo é realmente a cobertura. Em ambos os casos a base é feita de ganache  tingida de preto, e as teias são marshmallows derretidos. Sinceramente, a parte mais divertida de todo o processo. Parece que essa ideia de derreter marshmallow pra colocar no bolo nunca vai dar certo, mas eles ficam com a consistência perfeita pra formar os fios e véus típicos de uma teia e aranha!
P.S.1 –  eu escolhi uma cobertura bem fina porque acho que já vai bastante recheio e não queria um bolo muito pesado. Mas pra quem quiser caprichar mais é só dobrar as quantidades da ganache e ser feliz!
P.S. 2 – marshmallows brancos resultam em teias brancas e marshmallows coloridos (aqueles rosa, azul e amarelo clarinho) resultam em teias meio prateadas. Escolha seus favoritos.
bolo de chocolate com teia de aranha de marshmallow

Bolo de Teia de Aranha – original aqui

Bolo:
75g de manteiga sem sal temperatura ambiente
1 xícara + 2 colheres sopa de açúcar refinado
3 ovos
3/4 xícara de chocolate em pó
1 1/2 xícara de água
2 xícaras de farinha de trigo
1/2 colher chá de fermento em pó
1/2 colher chá de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
corante preto

Recheio:
400g de doce de leite
corante vermelho
1/2 colher sopa de gelatina em pó sem sabor

Cobertura:
200g de chocolate meio amargo
100g de creme de leite – usei  de caixinha mesmo
corante preto

Montagem:
xarope simples
chocolate meio amargo
conhaque – ou qualquer destilado
1 pacote pequeno de marshmallows

Bolo:
Prepare 3 formas redondas de 13cm untando com manteiga, cobrindo com papel manteiga e então untando o papel. Isso tudo pra garantir que não vá grudar. Reserve.
Peneire a farinha, o fermento, o bicarbonato e o sal juntos e reserve também.
Bata a manteiga e o açúcar até obter um creme fofo. Enquanto isso misture o chocolate com a água formando uma pasta. Adicione os ovos, um de cada vez, a pasta de chocolate e o corante e vá batendo a cada adição. Por último, ainda batendo, junte os ingredientes peneirados e bata até obter uma massa homogênea. Se preciso acerte a cor adicionando mais corante. Divida a massa entre as 3 formas e leve para assar em forno a 180°. Deixe esfriar antes de desenformar.

Recheio:
Misture o doce de leite com o corante até obter a cor desejada. Então hidrate a gelatina conforme as instruções da embalagem, mas respeitando as proporções para 1 colher. Misture a gelatina com o doce de leite e use em seguida.

Cobertura:
Aqueça o creme de leite até começar a querer ferver, quando começam a aparecer pequenas bolhas na lateral da panela. Retire o fogo e junte o chocolate e o corante misturando até ficar homogêneo. Cubra com filme plástico e deixe dormir fora da geladeira.

Montagem:
Corte os topos dos bolos e nivele para que fiquem todos da mesma altura. Molhe todos com um xarope simples: 1 parte de açúcar + 1 arte de água aquecidos até ferver e então resfriados. Forre uma forma de 13cm com uma tira de acetato* mais alta que ela. Coloque um bolo, cubra com metade do doce de leite, outro bolo, o restante do doce de leite. Termine com o último bolo, de cabeça pra baixo para ficar bem retinho. Cubra com filme plástico e deixe pelo menos 4h na geladeira, ou de um dia para o outro.

Retire o bolo montado da forma e retire o acetato. Cubra com a cobertura de chocolate e volte para a geladeira para firmar completamente. Enquanto isso prepare a aranha. Derreta um pouco de chocolate e misture o corante preto. Então vá adicionando o conhaque gota por gota até o chocolate ficar modelável. Forme o corpo da aranha, a cabeça e as pernas em forma de V e deixe firmar sobre uma folha de papel manteiga.

Para finalizar derreta os marshmallows em banho-maria. Eles vão ficar parecendo uma gosma mesmo. Pegue um pouco com ambas as mãos e estique para formar os fios da teia, daí é só abraçar o bolo com esses fios formando a teia conforme o seu gosto.
(Nesse vídeo tem a Yolanda fazendo de forma beem didática)
Finalize montando a aranha no topo do bolo. Eu ainda pincelei, bem de leve, corante em pó prateado sobre a aranha, mas isso é completamente opcional!
bolo de chocolate com recheio vermelho de doce de leite e teia de aranha de marshmallow

——————————
Em 2015: Red Velvet Sangrento

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Aranhas de brigadeiro – Halloween

Especial de Halloween começando, e hoje tem truque fácil pra deixar a mesa da festa mais apavorante: aranhas de brigadeiro com chocolate empastado!
Aranhas de brigadeiro

Seja pra quem vai fazer aniversário temático de Halloween ou pra quem só quer um doce pra servir no fim do mês: brigadeiro é sempre boa pedida! A verdade é que essa receita tá mais pra truque viu, porque o brigadeiro todo mundo sabe fazer né? E se você quiser poupar trabalho é só encomendar os brigadeiros na doceira mais próxima e transformá-los nas aranhinhas…E o jeito mais comum de fazer as perninhas é derretendo e temperando o chocolate e então moldando as pernas com um bico de confeiteiro. E funciona viu…

Só que pra quem é a falta de jeito em pessoa (digamos, eu por exemplo) tem como facilitar a vida: empastar o chocolate. Isso quer dizer mudar a textura do chocolate para algo mais próximo de uma pasta mesmo. Desse jeito ele escorre menos e até seca mais rápido. Não é aconselhável fazer isso pra quem for fazer uma barra por exemplo, mas para detalhes mais delicados funciona muito bem. Inclusive para aqueles ovos de páscoa rendados. Aliás, foi numa aula de páscoa da Janaína Barzanelli que aprendi o truque. Só uma coisa: a bebida tem que ser destilada! Não adianta colocar vinho, ou suco ou água que o ponto não fica o mesmo.

Aranhas de brigadeiro

Brigadeiros enrolados*
Chocolate meio amargo
Conhaque

*cobertos com confeito ou não, vai depender da textura final que você quer na aranha

Derreta o chocolate em banho-maria. Retire a vasilha com chocolate do calor e vá adicionando o conhaque gota a gota, misturando bem a cada adição. Quando o chocolate estiver com uma textura mais maleável, um pouco mais mole que massinha de modelar, transfira para um saco de confeitar com bico perlê pequeno, ou uma caneta de confeiteiro* com ponta fina.
Em um papel manteiga faça pequeno V’s de chocolate. Se preferir risque a lápis primeiro para ter uma referência. Espere secar completamente e então coloque 8 v’s, ou perninhas, em cada brigadeiro.

*caneta de confeiteiro é aquele cone de papel manteiga próprio pra desenhar com chocolate. Nesse vídeo dá pra ver como é fácil fazer.

——————————
Em 2014: Micheladas

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Limonada refrescante

Pra mudar um pouco a limonada de sempre: hortelã, por que não?
limonada refrescante

Essa receita é quase que um drops, mas achei a ideia tão boa, e o resultado ficou tão bom que ela veio parar aqui. E apesar da receita mega simples eu ainda consegui alterar alguma coisa.
A original veio do canal Peaceful Cuisine, um canal japonês de comida vegetariana com fotografia linda, e é feita com água carbonada. Sabe aquelas garrafas especiais que acrescentam gás na água pra fazer refrigerante caseiro? Pois é, a receita original é refri caseiro de limão mentolado. Mas por aqui fomos de água do filtro mesmo e já ficou bom demais!! Pra quem quiser um meio termo, vale usar água gaseificada, dessas minerais mesmo.
Além dessa simplificação da água eu também troquei os limões: no lugar do limão siciliano eu usei o capeta, favorito de sempre aqui em casa. Como meu escolhido é bem mais ácido reduzi a proporção dele e aumentei o açúcar. Pro limão siciliano a proporção é de 1 limão pra cada 100ml de água. Açúcar vai de gosto né?

Limonada refrescante – original aqui

4 limões*
40-50 folhas de hortelã
4 colheres sopa de açúcar*
500ml de água gelada
gelo a vontade

*essas medidas podem variar conforme o limão escolhido, para um limão mais suave use mais um, e meça o açúcar conforme o gosto.

Descasque os limões tirando toda a parte branca. Parta no meio, tire as sementes, e se o miolo for muito espesso vale tirar também pra evitar amargor no final.
No liquidificador bata os limões com as folhas de hortelã e um pouco da água. Coe essa mistura em uma jarra e acrescente o restante da água. Adoce e junte o gelo.

——————————
Em 2014: cestinhas de carne
Em 2015: bolo de coco

Salvar

Salvar

Salvar

Muffin de banana com granola

Bolinho de banana, desses comuns, bons pra café da manhã corrido. Mas agora acrescenta uma cobertura de granola, passa dourada e mel!!
muffins de banana com granola

Esses bolinhos são uma adaptação meio da minha cabeça meio de receitas antigas daqui do Cozinha mesmo… E eu já tô apaixonada! A massa ficou com o sabor suave e textura bem levinha. E a cobertura de granola continuou crocante mesmo com o mel.
E dá pra congelar já assado. Depois é só voltar no forno baixo pra descongelar e pronto! Tem quem descongele no micro-ondas também, mas nesse caso a granola vai ficar murchinha…

Muffins de banana com granola

50g de manteiga sem sal temperatura ambiente
5 colheres sopa de açúcar refinado
1 ovo
1 banana amassada
1 pitada de sal
1/4 colher chá de cravo em pó – opcional
1/4 colher chá de canela em pó
3/4 xícara de farinha de trigo
1/4 xícara de leite
3/4 colher chá de fermento em pó
granola a vontade
mel a vontade
passas a vontade – usei sultanas

Bata a manteiga com o açúcar até formar um creme fofo. Ainda batendo vá acrescentando, um de cada vez e dando tempo pra incorporar: o ovo, a banana, sal, cravo e canela, metade da farinha, o leite, a outra metade da farinha. Por fim acrescente o fermento e bata apenas o suficiente para ficar uma massa homogênea.
Divida a massa em forminhas para cupcake, já colocadas em uma forma própria, e cubra com a granola, eu usei cerca de uma colher de granola em cada bolinho. Acrescente algumas passas e finalize com um fio de mel em cada um.
Leve ao forno, já aquecido a 180º, até que dourem.

Salvar

Salvar

Salvar

Pavê de chocolate

Pavê classicão com creme, biscoito, brigadeiro e aquele falso chantilly e claras com creme de leite!!
pavê de chocolate

A ideia desse pavê começou com uma foto de um pavê de Bis e foi evoluindo quando misturei com o pavê de chocolate da minha infância. O creme é uma espécie de creme de confeiteiro mas com leite condensado e mais gemas, e a parte de chocolate é um brigadeiro bem cremoso. Já a cobertura  tem truque pra não ficar ressecada, mas quem não gosta pode usar um chantilly simples também que fica muito bom!
Agora os biscoitos… Eu usei waffers pra substituir o Bis porque achei que ficaria muito doce com ele. Só que waffer é horrível pra fazer pavê! Eles não se mantém crocantes, mesmo com todos os cuidados tomados, e ainda por cima não se partem, então fica um saco pra servir se forem usados inteiros…

Possíveis soluções? Se você não se importa com waffers murchos é só picar os biscoitos antes de usar, isso vai resolver o quesito servir pedaços bonitos. Também dá pra usar biscoitos champanhes, eles tem mais chance de ficarem crocantes e se murcharem ficam parecendo bolo, o que é sempre gostoso. Ou ainda dá pra usar biscoito-maria, usados no pavê original eles ficam macios mas ainda assim gostosos.
pavê de chocolate

Pavê de Chocolate

2 latas de leite condensado
2 latas de leite
1 lata de creme de leite – sem soro
4 gemas
1 colher sopa de amido de milho
1 colher chá de essência de baunilha
3 colheres sopa de chocolate em pó
2 claras
2 colheres sopa de açúcar refinado
Biscoitos escolhidos – dá uma olhada no texto ali em cima
raspas de chocolate para enfeitar

Em uma panela junte uma lata de leite condensado, o amido dissolvido em uma parte do leite, o restante do leite, as gemas e a baunilha e misture. Leve ao fogo médio e continue misturando até que forme um creme. Transfira para a vasilha escolhida para servir e cubra com um filme plástico, encostando na superfície, até que esfrie completamente.
Misture a outra lata de leite condensado com o chocolate em pó e leve ao fogo misturando até conseguir um brigadeiro. Retire do fogo e reserve até que esfrie completamente. Com o brigadeiro já frio misture 100ml do creme de leite sem soro.

Cubra o creme claro com os biscoitos, formando uma camada uniforme mas não muito grossa, e então cubra os biscoitos com o brigadeiro. Leve para a geladeira até que firme.
Junte o açúcar com as claras e leve ao banho-maria até que o açúcar dissolva. Bata a mistura até montar picos firmes. Ainda batendo vá acrescentando o restante do creme de leite sem soro. Cubra o pavê com essa mistura e então com as raspas de chocolate e volte pra geladeira até o momento de servir. Se for passar a noite na geladeira cubra com filme plástico para não ressecar.
pavê de chocolate

——————————
2014: Caipi-mexerica

 

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar