Beijo do Vampiro – #cozinhadebruxa

Beijo do Vampiro, podia ser novela mas é drink mesmo. E só com dois ingredientes. Que são do tipo fácil de ter em casa!
beijo do vampiro

Vinho e Coca-Cola e pronto, já temos um drink! Tá com dificuldade de acreditar? Eu também estava. Mas o incrível é que essa mistura fica gostosa. É claro que tudo depende de você gostar do vinho escolhido e, de preferência, de ele não ser doce. É que a Coca já é um ingrediente bem doce, então um vinho mais seco vai equilibrar melhor os sabores e o resultado não ficará enjoativo.

O grande Tchan desse drink é o efeito visual dele. O vinho com a Coca ficam em um tom de vinho mais escuro muito bonito. E o pó dourado dá um charme lindo, sem atrapalhar o sabor! Esse pó pode ser encontrado em lojas de confeitaria, junto dos corantes. Em algumas lojas pode ser chamado de pó pérola, ou corante dourado. O nome não tem problema, o importante é ser em pó. Assim ele dissolve fácil no drink e não altera a textura.

Só fica a dica: esse trem espalha que é uma beleza; cuidado pra não ficar com toda a cozinha dourada!

E pra quem não gosta de Coca-Cola: eu também não gosto. Hoje em dia não consigo beber pois acho muito doce; mas mesmo assim gostei do drink. Como disse, o vinho mais seco equilibra o sabor e não parece que você está bebendo refrigerante. Aliás, eu servi a Coca sem fazer espuma pois queria o efeito vampiresco do dourado na superfície. Mas vale sim servir em um copo alto e deixar o refrigerante espumar bastante!

Beijo do Vampiro – original aqui

1 parte de vinho tinto
1 parte de Coca-Cola
pó dourado – opcional

Em uma taça alta misture o vinho com uma pitada do pó dourado. Complete com o refrigerante e sirva em seguida.

—————————–

Em 2014: Bolo de chocolate sem farinha

Vinho quente aromático – especial #cozinhajunina

Vinho quente aromático, com direito a suas especiarias favoritas, pra esquentar as noites de São João!
vinho quente aromático
Fiquei me perguntando quais são as bebidas típicas de festas juninas, porque bem, caso vocês não tenham reparado estamos no especial #CozinhaJunina!!! E as primeiras bebidas que a gente pensa normalmente são: Choconhaque, Quentão e Vinho Quente. E como vocês podem notar pelos links acima, todas já foram feitas por aqui.

Então como inovar essas bebidas? Com vinho branco claro! Não, essa não foi óbvia pra mim…. Mas depois que veio a ideia eu até que achei algumas receitas internet afora. A receita abaixo é uma das mais básicas. Usei os temperos mais comuns de encontrar e de as pessoas gostarem. Agora, não gosta de canela? Não coloca canela ué. Ama pimenta-rosa? Eu colocaria porque acho que combina bem com os outros ingredientes. E por aí vai.

E tem dicas especiais? Tem 2 dessa vez! Primeira: eu usei raspas de laranja mas como queria um drink limpo tive que coar antes de servir. Quer evitar o trabalho? Use pedaços de casca de laranja. Acha as raspas bonitinhas? Não coa. Segunda: a quantidade de açúcar vai depender do vinho. Eu uso uma regra geral, que pode ser adaptada provando a bebida antes de servir, e que é:
O rótulo diz doce ou suave? Use 1/4 de xícara de açúcar pra cada 2 xícaras de água
O rótulo diz seco ou similar ou nada? Use 1/2 xícara de açúcar pra cada 2 xícaras de água.

Vinho Quente Aromático

2 xícaras de água
1/4 – 1/2 xícara de açúcar*
1 pau de canela
1 anis estrelado
1 colher sopa de raspas de laranja*
2 xícaras de vinho branco

* detalhes dos ingredientes no texto acima

Misture a água, o açúcar e as especiarias e leve ao fogo baixo, deixando ferver por 2 minutos. Desligue o fogo e acrescente o vinho. Coe, ou não, e sirva imediatamente, com uma fatia de laranja em cada caneca.

Salvar

Salvar

Salvar

Licor de vinho, aproveitando garrafas encalhadas

Licor de vinho, ou como aproveitar aquele vinho que você não gostou muito…
licor de vinho

Acontece com (quase) todo mundo né? Alguém quis agradar e te deu uma garrafa de vinho estranho… Veio na cesta de natal da firma aquela garrafa que você nem chega perto… Ou você comprou mesmo um vinho novo pra experimentar e, eca, detestou. Quem bebe vinho com certeza já ficou com uma garrafa encalhada, quase vinagrando, porque não gostou nem um pouco.

Há soluções já conhecidas pra esse problema? Claro! Você pode usar esse vinho pra marinar uma carne, ou fazer um molho por exemplo. Ou usar em sobremesas variadas também. E ainda existem alguns drinks feitos com vinho que, se não vão salvar um desastre, podem dar vida nova a um vinho nem tão gostoso assim.

Mas também há outra solução: Licor de Vinho! Como a grande parte dos licores que aparecem por aqui, essa é basicamente uma calda simples (agua mais açúcar) acrescentada do sabor que você quer. Que nesse caso vai ser aquele vinho que não te agradou tanto. E é só isso mesmo. Falei que era fácil né?

A única questão aqui é: quanto melhor seu vinho, melhor seu licor de vinho. Pois é, essa receita vai sim salvar aquela garrafa que não agradou tanto. Mas sim, se você usar um vinho que realmente gosta, o resultado vai ficar incrível! O que eu quero dizer é: não espere um vinho ruim pra fazer esse licor, aproveite essa garrafa aí na prateleira!

Licor de Vinho

2 xícaras de açúcar
2 xícaras de água
cerca de 500ml de vinho tinto

Em uma panela junte o açúcar e a água e cozinhe em fogo médio. Para um licor mais doce e denso deixe formar uma calda mais encorpada. Para um licor menos doce e mais líquido deixe apenas o açúcar dissolver.
Retire essa mistura do fogo e meça antes de adicionar o vinho. Essas quantidades devem resultar em pouco menos que 500ml, então junte a mesma quantidade de vinho e misture bem.
Envase ou engarrafe e guarde, indefinidamente, na geladeira.

——————————
Em 2015: Panquecas de Iogurte

Salvar

Salvar

Salvar

Bolo de chocolate e vinho

Mais uma combinação de chocolate com bebida em formato de bolo:

Depois do bolo de chocolate com cerveja, agora é hora de chocolate com vinho. Esse bolo foi inspirado num cupcake lindo, na verdade feito com Porto. No original tanto a massa do bolo quanto a calda e a cobertura são feitas com vinho do porto, que é um vinho licoroso.

Pensando nas combinações de sabores resolvi experimentar a mesma receita mas com um vinho suave no lugar do porto. E funcionou tão bem que me arrependi de ter feito só um bolo simples sem uma cobertura pelo menos. O sabor do vinho fica bem suave mas ainda presente, então escolha um vinho gostoso. Nesse caso não vai rolar de aproveitar aquele vinho que ninguém da casa gostou….

Minha sugestão é um vinho mais suave e menos seco mas isso pode ser mudado pra quem não é muito fã de açúcar.

Bolo de chocolate e vinho – original aqui

1 1/2 xícara de farinha de trigo
1/2 xícara de chocolate em pó 50%
1/2 xícara de açúcar mascavo
1/2 colher chá de fermento em pó
1 pitada de sal
2 ovos
5 colheres sopa de óleo
150ml de leite
50ml de vinho tinto – usei suave
1 colher chá de baunilha

Peneire os ingredientes secos em uma vasilha, misture e reserve.
Em outra vasilha misture os demais ingredientes e junte na primeira mistura aos pouco; misturando delicadamente para não empelotar.
Transfira a massa para uma forma untada e coberta com chocolate em pó.
Asse em forno já aquecido a 180°.

————————————
Em 2014: bolo de cenoura

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Sangaree nº2

Drink levinho, docinho, quase um suco, mas que mistura duas bebidas que eu custei a aprender a beber.

O nosso sangaree nº2 é basicamente a versão longa do nº1. A maior diferença é que ele é servido em um copo longo que a gente completa com soda limonada. E é isso que dá aquele ar de drink de festa sábado a tarde que essa versão do sangaree tem.
Pra quem tiver interesse na história do drink, clica aqui que contei tudo no post da primeira versão. Por hoje fica só o aviso: o drink é levinho e fácil de beber, mas a base continua sendo Porto e conhaque, duas bebidas bem fortes, então cuidado…rs

Sangaree nº 2

2 doses de conhaque
1 dose de Porto
1 dose de xarope simples*
soda limonada
gelo a vontade

*aqui vale saborizar o xarope com o que quiser pra personalizar seu drink

Na coqueteleira junte o conhaque, o Porto e o xarope e bata com algumas pedras de gelo.
Preencha dois copos altos até a metade com gelo picado. Transfira metade da mistura de bebidas para cada copo e complete com a soda limonada. Sirva em seguida.

——————————–
Em 2014: kibes
Em 2015: trança de nozes

Salvar

Salvar

Salvar

Sangaree nº1

Versão mais simples do avô pré-histórico da Sangria espanhola…
Complicou? Relaxa que o trem é gostoso, fácil e forte pra caramba!

A sangria todo mundo já conhece? É um drink com vinho, água ou suco, algum adoçante e frutas. O Sangaree é um drink mais velho, mas com as mesmas raízes, que mistura vinho, normalmente porto, com outras bebidas. Ele pode ser adoçado e suavizado, ou não, como é o caso de hoje.

O original veio lá do site da Absolut, coisa que achei interessante já que achei que lá tinha só drinks com vodka. (boa descoberta…) E acabou que não mexi em nada, porque né, receita tão simples assim a gente não mexe.

O gosto é uma delícia, com o conhaque suavizando o sabor do Porto mas sem deixar o próprio sabor predominar. Por isso escolha bem o vinho usado, e se não tiver um Porto por perto, vale a pena experimentar mesmo com um vinho comum. Só um alerta: é bem forte, então a melhor forma de apresentar é como um shot, em um copo/taça pequeno.

Sangaree nº1 – original aqui

1 dose de conhaque
1 dose de vinho do porto
1 taça beeem gelada

É só juntar as duas doses na taça e servir em seguida.

———————-
Em 2015: Pudim fake de chocolate

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Drink refrescante de limoncello

Mais um drink de nome bizarro! Pelo menos dessa vez além de não ser brega é bem descritivo: é um drink, refrescante, que leva limoncello!

Mas Sabrina, onde eu arranjo limoncello? É só fazer gente! É bem fácil e a única parte chata é que tem que esperar maturar uns dias. A receita é a mesmíssima do nosso Licor de Laranja, só que no lugar da casquinha de laranja você usa de limão siciliano.
Claro, você pode sempre comprar uma garrafa de licor pronto. Nada impede, e facilita a vida…

Com limoncello em mãos o drink fica super fácil, e realmente é bem refrescante, tem cara de limonada alcoólica. Ou caipirinha chiquetosa. A receita original veio de uma busca no google que resultou em um site gringo e eu acabei mudando as proporções e outros detalhes. É que quando fiz o original ficou muuito limão pra pouco tudo, então abaixo já estão as proporções modificadas pra ficar mais equilibrado. Também mudei o vinho, que originalmente era frisante, para um branco comum, que era o que eu tinha. Não duvido de que com o frisante também fique uma delícia!

Também coloquei as quantidades da receita em partes. Você pode fazer uma única dose ou uma jarra pra festa toda!

Drink refrescante de limoncello – original aqui

8 partes de vinho
1 parte de limão
1 parte de limoncello
Casquinhas de limão/laranja para guarnecer

Caso esteja tudo gelado já: apenas misture tudo e sirva com as casquinhas pra guarnecer.

Caso NÃO esteja tudo gelado: bata tudo com gelo em uma coqueteleira (ou outro recipiente com tampa) até gelar. Sirva com as casquinhas para guarnecer.

——————————————-
Em 2015: torta de frutas vermelhas com negresco

Salvar

Doce Spritz

Primeiro Drink do ano! Tinha que ser algo refrescante e com cara de verão: gelo picado, limão, vinho branco… pra mim fez todo o sentido!

Eu tenho certas esquisitices quanto a comida, dentre elas a de que vinho tinto lembra inverno e vinho branco lembra verão. Vinho branco frisante então, é uma tarde ensolarada de alto verão! Daí fui atrás de um drink pra aproveitar a garrafa de frisante que tava na geladeira, e achei essa mistura de limão, mel e vinho branco.

Como sempre, foram necessárias algumas mudanças, algumas simples e outras que interferem muito no resultado final. O tipo de limão foi uma dessas: a original usa limão siciliano, eu usei taiti porque era o mais fácil de ter em casa. Já a mudança de vinho transforma completamente o resultado.

O drink original leva um Moscato específico que tá no link. Eu usei o frisante que eu já conhecia, gostava e já tava na geladeira. E você usa o vinho branco que você preferir, embora minha sugestão seja sempre usar um frisante. Afinal, é por conta do frisante que ele leva o nome de Spritz, bebida que tradicionalmente era uma mistura de água com gás e vinho.

Ainda nos diferentes tipos de vinhos, o quão seco ou não o vinho for vai interferir no quão doce o drink vai ficar. Então entenda a medida de mel mais como uma sugestão, sempre vale a pena provar antes pra ver se não precisa de mais.

Doce Spritz – original aqui
serve 2 taças

3 colheres sopa de mel
1 1/2 colher sopa de água quente
1 colher sopa de limão
250ml de vinho branco frisante
gelo picado a vontade
fatias de limão pra guarnecer

Dissolva o mel na água quente e junte o suco de limão. Divida essa mistura entre as duas taças. Junte metade do vinho em cada taça e complete com gelo picado.
Enfeite com uma, ou meia, fatia de limão e sirva em seguida.

——————————-
Em 2015: Salada de abacate, espinafre e ovo

Salvar

Vinho Quente

Ganhou/Comprou um vinho que não era lá essas coisas? Fosse verão eu falava em sangria, mas em pleno inverno vamos de Vinho Quente!

Bebida antiga, o vinho quente é velho conhecido de quem lê histórias medievais, de George Martin a Bernard Cornwell. E o bom dessas bebidas antigas e com vária origens é que dá pra improvisar ao montes. A receita abaixo é só uma sugestão pra quem tá fazendo pela primeira vez. Dependendo do vinho disponível dá pra usar mais ou menos açúcar. Dá pra trocar os temperos pelos favoritos ou disponíveis, dá pra acrescentar mel, tirar a maçã ou trocar por outra fruta… Também dá pra servir coado, como fiz na foto, ou com os pedaços de fruta e especiarias. Tudo depende do gosto de quem vai beber!
A receita abaixo é o equivalente para 3 pessoas, mas vale aumentar a receita e fazer um caldeirão pra festa toda (alô festas juninas)! Bom apetite…
vinho quenteVinho Quente

4 colheres sopa de açúcar cristal
1 pau de canela
4 cravos
1 anis estrelado
1/4 colher chá de páprica doce
1/2 maçã em cubinhos
2 xícaras de água
1 xícara de vinho

Leve o açúcar ao fogo em uma panela junto do temperos. Quando o açúcar derreter e adquirir uma cor âmbar adicione a água e a maçã. Baixe o fogo e deixe cozinhando até que o açúcar derreta novamente e a maçã fique macia. Adicione o vinho e deixe em fogo baixo até começar a levantar fervura. Se quiser um drink alcoólico (embora pouco) desligue assim que começar a querer ferver. e quiser um drink em álcool deixe ferver alguns minutos antes de desligar. Sirva ainda quente, coado ou não.

Sangria – Halloween 2014

E como toda sexta, hoje tem drink! E se tem um drink que me lembra imediatamente de Halloween é a Sangria com aquele monte de coisa clara boiando em líquido roxo. Falando assim nem dá vontade de beber né? Liga pra mim não, a bebida é uma delícia.
sangria

Com origem em Portugal e Espanha, a Sangria é basicamente vinho, sumo de fruta, e frutas picadas. Dependendo de pra quem você perguntar entra água, açúcar, canela, cravo, temperos em geral… aquela coisa de receita típica né, para cada vó no mundo uma receita diferente. Eu fiz uma receita básica em cima da qual você pode inventar a vontade.

Inclusive inventar de tirar o vinho! Na minha infância tinha sangria feita com Fanta uva, mas não aconselho… Sabe esses sucos de uva, integrais, uva pura mesmo? Eles são ótimos pra substituir o vinho em uma Sangria não alcoólica!

E se quiser dar um toque mais teatral pra sua festa de Halloween, é só acrescentar uns pedaços de gelo seco pra ficar aquela fumaça bizarra saindo da taça…

Sangria

150ml suco de laranja
150ml de água gelada
300ml de vinho tinto – ou suco de uva
2 colheres sopa de açúcar – prove antes
1 maçã pequena
1 pera pequena
2 fatias grossas de abacaxi
30 uvas sem semente congeladas
casca de limão siciliano – opcional

Eu gosto de congelar as uvas antes para não ter que usar gelo. É só coloca-las em um prato, sem encostar uma na outra e levar ao congelador por algumas horas. Se não quiser é só acrescentar algumas pedras de gelo na hora de servir, ou deixar na geladeira antes.

Pique as uvas ao meio e as demais frutas em cubinhos. Coloque em uma jarra e acrescente os líquidos. Misture bem e prove antes de acrescentar o açúcar.
Sirva com uma fatia de casca de limão siciliano em cada taça, para aromatizar.

 

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar