Bolo de banana, chocolate e nozes

Bolo de banana, chocolate e nozes, essa é daquelas combinações que são a cara do inverno!
bolo de banana, chocolate e nozes

Eu adoro um bolo de banana, seja com ela por cima, fatiada e caramelada, seja com ela na massa. E uma das coisas boas de usar bananas pra fazer bolo é que esse tipo de massa acaba pedindo menos açúcar. A de hoje por exemplo usa o dobro de farinha que de açúcar e ainda assim resulta num bolo bem docinho! Fora que é um jeito delicioso de embutir frutas na rotina alimentar, principalmente em dias frios!

Pra quem quiser bolo de banana beeem parecido com bananinha tem aqui ó.

Já pensando na combinação banana, chocolate e nozes fui atrás de uma receita fácil e encontrei essa do TorradaTorrada que, além de parecer gostosa é vegana! Eu usei leite normal na minha, então não, meu bolo não é vegano. Mas é só trocar pelo leite vegetal da sua preferência e pronto! E também vale pra quem tem problema com gosto de ovo em bolo já que esse não leva ovos na receita. Além da troca pelo leite comum as outras alterações que fiz foram a forma e as riquezas. No lugar de muffins fiz um bolo inglês mesmo e achei que funcionou bem. E as castanhas de caju da original eu troquei pelas nozes e o chocolate.

Se quiser um bolo de banana, chocolate e nozes (especificamente) vegano, é só prestar atenção na hora de comprar, porque existem sim opções veganas.

Você pode mudar a combinação e trocar as nozes por avelãs? Pode, e por outras castanhas também. Pode tirar as nozes e colocar dois tipos de chocolate? Pode e vê se me chama pra eu provar! Pode até fazer um bolo simples sem nada adicionado que vai ficar gostoso!
bolo de banana, chocolate e nozes

Bolo de banana, chocolate e nozes – original aqui

2 xícaras de farinha de trigo
3/4 colher chá de fermento em pó
3/4 colher chá de bicarbonato de sódio
3/4 colher chá de sal
1/4 colher chá de canela – opcional
1 xícara de leite
1/4 xícara de açúcar mascavo
3/4 xícara de açúcar cristal
3/4 xícara de banana amassada – cerca de 3 bananas médias
1/2 xícara de óleo
1 colher chá de vinagre
1/2 xícara de nozes picadas
1/2 xícara de chocolate meio amargo em gotas ou picado

Junte as nozes e o chocolate e misture com umas 2 colheres de farinha.
Misture o restante da farinha com os outros ingredientes secos, menos os açúcares e reserve.
Em uma terceira tigela junte a banana, os açúcares, o vinagre e o óleo e misture bem. Junte então todas as misturas e misture apenas o suficiente para ficar homogêneo. Transfira para uma forma untada, e leve ao forno, aquecido a 200C, ate que doure.

Se quiser deixar mais bonito separe um pouco das nozes e o chocolate para colocar por cima da massa logo antes de levar ao forno.

Salvar

Salvar

Salvar

Muffin de banana com granola

Bolinho de banana, desses comuns, bons pra café da manhã corrido. Mas agora acrescenta uma cobertura de granola, passa dourada e mel!!
muffins de banana com granola

Esses bolinhos são uma adaptação meio da minha cabeça meio de receitas antigas daqui do Cozinha mesmo… E eu já tô apaixonada! A massa ficou com o sabor suave e textura bem levinha. E a cobertura de granola continuou crocante mesmo com o mel.
E dá pra congelar já assado. Depois é só voltar no forno baixo pra descongelar e pronto! Tem quem descongele no micro-ondas também, mas nesse caso a granola vai ficar murchinha…

Muffins de banana com granola

50g de manteiga sem sal temperatura ambiente
5 colheres sopa de açúcar refinado
1 ovo
1 banana amassada
1 pitada de sal
1/4 colher chá de cravo em pó – opcional
1/4 colher chá de canela em pó
3/4 xícara de farinha de trigo
1/4 xícara de leite
3/4 colher chá de fermento em pó
granola a vontade
mel a vontade
passas a vontade – usei sultanas

Bata a manteiga com o açúcar até formar um creme fofo. Ainda batendo vá acrescentando, um de cada vez e dando tempo pra incorporar: o ovo, a banana, sal, cravo e canela, metade da farinha, o leite, a outra metade da farinha. Por fim acrescente o fermento e bata apenas o suficiente para ficar uma massa homogênea.
Divida a massa em forminhas para cupcake, já colocadas em uma forma própria, e cubra com a granola, eu usei cerca de uma colher de granola em cada bolinho. Acrescente algumas passas e finalize com um fio de mel em cada um.
Leve ao forno, já aquecido a 180º, até que dourem.

Salvar

Salvar

Salvar

Banana Flambada

Bananas flambadas! O que significa que: eu conseguir flambar!! Sem por fogo na casa toda!!!
banana flambada cozinharoman ptA receita é rapidinha, fácil e fica uma delícia. O tipo de coisa que é bom saber pra quando precisa/quer improvisar uma sobremesa em cima da hora.
Eu achei que nunca ia conseguir flambar alguma coisa já que de todas as tentativas ou eu nada pegou fogo ou eu fiquei com muito medo e desisti. Mas dessa vez foi bem tranquilo e deu tudo certo e o resultado ficou ótimo. Então essa receita passou na frente da fila de posts porque eu queria muuito contar como pode ser simples!

O truque que funcionou pra mim foi usar uma colher pra fazer o caldo pegar fogo e só então passar a colher pra frigideira e assim flambar todo o resto. Sem medo de derrubar tudo sobre a chama (já aconteceu), sem medo de um fogaréu no fogão. É sempre bom lembrar de alguns pontos importantes também: nada de dividir a atenção, se você vai flambar alguma coisa essa é a única coisa que você vai fazer no momento; e trate de tirar essa garrafa de conhaque de perto do fogão! Não queremos acidentes, certo?

A receita e o truque vieram do Panelinha (amor antigo) e eu adaptei minimamente quantidades e tempos. A única mudança grande é que a original usa rum e eu preferi conhaque. Aí cada um escolhe o seu favorito. Assim como os acompanhamentos, que aqui foram sorvete de flocos (o que tinha) e farofinha de amendoim (combinou muito bem).

E eu preciso confessar, eu não consigo olhar pra foto e não ver uma carinha com olhos de sorvete… Mas né, eu tava tão doida pra postar isso aqui que fotos mais sofisticadas ficarão para um futuro próximo… 😛

Bananas flambadas – original aqui

2 bananas cortadas ao meio
20g de manteiga sem sal
1 colher sopa de açúcar
suco de meia laranja – cerca de 4 colheres sopa
4 colheres sopa de conhaque

Em uma frigideira grande derreta a manteiga. Acrescente o açúcar e o suco de laranja e por cima as bananas. Deixe em fogo alto por uns 2 minutos, ou até as bananas estarem cozidas. Acrescente o conhaque e é hora de flambar. O jeito mais rápido é inclinar a frigideira sobre a chama do fogão até o líquido tocar a chama e tudo entro da frigideira pegar fogo; aí você volta a frigideira pro lugar e espera o fogo apagar. O jeito mais seguro é com uma colher (de cabo longo de preferência) você pegar um pouco do caldo da frigideira. Tirá-la do fogo e usar a colher pra colocar fogo no caldo, daí você volta a colher pra frigideira e então volta a frigideira pro lugar, e aí espera o fogo todo apagar.

Independente do método escolhido é bom lembrar de deixar a garrafa de conhaque bem longe do fogão, por segurança. Depois que o fogo apagar espere até a banana dourar e sirva imediatamente. De preferência com sorvete.

————————
Em 2015: Cookies com gotas de chocolate

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Shake de banana com nutella

Sexta é dia de drink e/ou drops e hoje tem um shake fácil, gostoso e (creio eu) meio que saudável. E com chocolate já que né, esses dias vai ser tudo com chocolate.

Eu não tô chamando de milk shake porque normalmente a gente associa diretamente a sorvete, e esse não é exatamente um ingrediente desse shake. Explico.
Bananas congeladas batidas tem sido conhecidas como sorvete saudável hoje em dia. Não é sorvete mas a gente acha gostoso e dá esse nome pra enganar o cérebro. E é isso que rola no shake de hoje, a base são bananas congeladas, e não sorvete. A consistência acaba sendo a mesma de um milk shake convencional, mas bem mais saudável.

Pra completar o gosto e combinar com a onda de chocolate que tá no Cozinha, acrescentei algumas colheradas de nutella! E porque nutella nunca é demais, vamos considerar a quantidade da receita apenas uma sugestão e usar o quanto der vontade…
O mesmo vale pro creme batido e pra calda usada no copo: são gulodices pra deixar a bebida com aquela carona de milk shake clássico e que também deixam mais gostoso. Mas a primeira vez que fiz esse shake não teve nada disso e, além de mais amigo de nutricionistas, ficou muito bom também.

Shake de banana com nutella

2 bananas pequenas congeladas
2 colheres de nutella – ou quanto você quiser
200ml de leite
creme batido e calda pra ficar bonitão

É só bater tudo no liquidificador, enfeitar o copo com a calda, e servir. Termina com uma pequena montanha de creme batido e um canudo.

——————————-
Em 2015: Bolo bananada (sim, por aqui amamos bananas)

Salvar

Salvar

Muffins de banana com gotas de chocolate

Muffins fofinhos, com banana e iogurte na massa e gotas de chocolate pra fechar com chave de ouro. Olha que lindos:

Comecemos do começo, o que difere um muffin de um cupcake?
Teoricamente o muffin tem uma massa mais simples de ser feita, apenas misturando todos os ingredientes, e com “pedaços” de algum ingrediente imersos na massa, como gotas de chocolate, frutas, castanhas, etc. Já os cupcakes teriam a massa mais amanteigada e mais complexa, feita em diversas etapas e com final mais homogêneo, ou seja, nada de gotas de chocolate. Na prática mesmo a gente acaba chamando de muffins os bolinhos que não tem cobertura e recheio e os cupcakes são os vestidos pra festa.
Tanto na prática quanto na teoria esses bolinhos se classificam como muffins: a massa é fácil, do tipo vai batendo a acrescentando tudo, tem gotas de chocolate por todo o bolinho, e não teve nem recheio nem cobertura. Ou seja, é aquele bolinho ideal pra deixar dando bobeira em cima do fogão e beliscar ao longo do dia… Mas também fica ótimo pra um café da manhã rápido.
A receita veio de um site gringo e eu fiz mudanças muito pequenas mas meio essenciais pro resultado final. A receita original levava baunilha (não senti falta) e cranberries, e as gotas de chocolate eram apenas opcionais. Por aqui cranberries são opcionais e o chocolate é essencial! Mas vale sempre lembrar que dá pra trocar o chocolate pelo que você achar que combina com bolinho de banana.

Muffins de Banana com gotas de chocolate – original aqui

1 xícara + 3 colheres sopa de açúcar
2 xícara de farinha de trigo
2 colheres chá de fermento em pó
1/2 colher chá de sal
2 ovos
1 xícara de iogurte natural
1/2 xícara de banana amassada
1/4 xícara de óleo
1/2 xícara chocolate em gotas

Aqueça o forno a 200°.
Em uma vasilha misture todos os ingredientes secos e reserve.
Bata os ovos e acrescente os ingredientes úmidos (banana, iogurte e óleo). Vá acrescentando os ingredientes secos, aos poucos, enquanto bate.
Quanto estiver uma massa homogênea acrescente as gotas de chocolate e misture delicadamente.
Divida a massa nas forminhas de muffin/cupcake e leve ao forno até que doure.

PS: pra que as gotas de chocolate fiquem perfeitinhas no topo dos muffins espere até que eles estejam quase prontos, abra o forno rapidamente e coloque algumas gotas no topo e cada um e espere terminarem de assar.

——————————–
Em 2015: Crepioca (presença constante no meu café da manhã das quintas sem carne)

Salvar

Pirulito fantasma de banana – Drops de Halloween 2015

E o título já disse tudo, é um pirulito (doce no palito) feito de banana e fantasiado de fantasma.

E ele quase não veio pra cá pq eu sou perfeccionista e queria coberturas mais fofinhas e lisinhas e etc etc. E aí lembrei que

1 – são fantasmas, e fantasmas provavelmente não se preocupam se seus corpos astrais não estão tão lisos quanto deveriam. Alguns devem achar que quanto mais grotescos mais assustadores
2 – isso é um drops, e a ideia do drops é justamente passar a ideia do prato e não uma receita perfeitinha, tim-tim por tim-tim.

Então aqui estão eles, diretamente do Pinterest (como a maioria do especial desse ano) e sem muito segredo. A parte mais chatinha é temperar o chocolate, mas pra quem foge dos chocolates hidrogenados não tem jeito. Se você não foge dos hidrogenados deixa eu te lembrar que eles são tão artificiais quanto margarina. Se você não tem problemas com margarina, bom aí é tranquilo usar o hidrogenado (também conhecido como cobertura de chocolate).

Os olhos e boca podem ser feitos com confeitos ou chocolate meio amargo. Preferi usar o corante pois estava fazendo apenas 3 pirulitos. Não valia a pena derreter e temperar chocolate para tão pouca quantidade. Se a sua ideia é fazer pra festa inteira o chocolate tem um acabamento mais fino. Basta usar um saco de confeiteiro pequeno (ou uma sacolinha, ou uma caneta de confeiteiro) com um bico bem fininho.

Fantasma de Banana

3 bananas pequenas
200g de chocolate branco
corante preto
palitos de picolé
termômetro*

* o termômetro é necessário para a temperagem, se você for usar chocolate hidrogenado não precisa.

Comece temperando o chocolate:
pique todo o chocolate em pedaços pequenos e separe um terço. Derreta os dois terços restantes em banho-maria, no micro-ondas fica mais difícil ter controle da temperatura.
Quando o chocolate atingir entre 36° e 38° retire do calor. Junte aquele terço de chocolate picado que foi separado e misture até que derreta completamente. Comece a monitorar a temperatura pois ela precisa baixar para entre 23° e 24°. Para isso você pode misturar o chocolate em uma pedra, misturar bem na vasilha, fazer um banho-maria invertido (coloque a vasilha com o chocolate em uma vasilha com gelo) ou colocar na geladeira. Eu escolhi a geladeira pois tinha certeza que meu chocolate não ficaria úmido, mas isso varia de geladeira para geladeira, então pode ser arriscado.

Quando o chocolate chegar aos 23°-24° aqueça novamente. Basta voltar ao banho-maria rapidamente até que atinja entre 27°-28°. Nesse ponto o chocolate já está pronto para ser usado. Corte uma das extremidades da banana para fazer a base do fantasma. Finque o palito de picolé nessa base e banhe cada uma no chocolate. Lembre de só tirar a casca da banana logo antes de banhar no chocolate para que ela não oxide.

Depois do chocolate seco é só pintar os olhos e bocas com o corante preto e um pincel fino ou mesmo um palito de dente.
Deixe na geladeira até a hora de servir.

Salvar

Biscoito de Abóbora com banana – pra cachorro

Sim, hoje é dia de biscoito no Cozinha! E não, você não vai querer comer esses biscoitos…sinto muito. Mas seu cachorro com certeza vai adorar! E sim, eu estou me sentindo como vendedora do Shop Time…

Então vamos falar sério (cof cof) agora: esses biscoitos são intragáveis pra nós humanos, mas os cachorros adoram e são o público alvo dessa receita. Isso mesmo, todos os ingredientes são seguros para cães saudáveis. Digo isso porque se o seu mascote tem algum problema de saúde é sempre melhor conversar com um veterinário antes.

Como nem todo alimento que a gente consome é seguro para cães, não aconselho nenhuma substituição. Eu mesma só adaptei as quantidades de abóbora e de farinha (sempre integral) pra conseguir a consistência desejada. E também não aconselho dar pra outro pet como aves, peixes e principalmente gatos. O sistema de cada espécie é muito diferente e o que pode ser seguro pra um pode ser terrível pro outro.

(já estou estudando os gatos porque os daqui de casa já estão com inveja)

Outra coisa: esses biscoitos não são a ração base da Peach (essa monstrenga linda da foto abaixo). Eles são apenas um agradinho pra ser usado no lugar dos biscoitos/ossinhos/bifinhos comprados em pet shop. Foi mais uma experiência pra ver o que rolava que acabou dando muito certo. Postas todas essas coisas, a receita é muito fácil de fazer, vale a pena principalmente pela felicidade que eles ficam quando experimentam.

Biscoitos de abóbora com banana pra cachorro – original aqui

1 banana bem madura
1 xícara de abóbora em cubinhos, cozida
1 colher sopa de mel
1/2 colher chá de fermento em pó
1-2 xícaras de farinha de trigo integral

Primeiro escolha a textura final. Para um biscoito mais fino amasse a abóbora formando um purê. Para um biscoito mais rústico pique em pedacinhos bem pequenos ou amasse apenas grosseiramente. Amasse a banana e junte a abóbora, o mel, e o fermento e misture até ficar homogêneo.

Vá acrescentando a farinha aos poucos e amassando até formar uma bola de massa lisa. Apesar de fácil de manipular a massa ainda fica meio pegajosa. Em uma superfície enfarinhada abra a massa e corte no formato e tamanho desejados. Leve ao forno a 200°, em uma forma com papel manteiga, até que dourem a parte debaixo.

Os biscoitos ficam ligeiramente puxentos (a mesma textura dos petiscos bifinhos) e como rende bastante  é melhor guardar uma parte na geladeira.

Salvar

Torta de banana caramelada, mas também pode ser maçã

Massa dourada e crocante parecendo um biscoitão e recheio de bananas envoltas em caramelo! Pra esse trem voltar com tudo, hoje a gente tem torta de banana caramelada!!
A original e a minha primeira tentativa era de maçã caramelada (que também fica uma delícia!) mas essa de banana combinou tanto com a massa e com a canela, mas combinou tanto… que pra mim agora é torta de banana caramelada, que pode ser substituída por maçã se for o caso.
torta banana caramelada tw2E eu não tenho a menor ideia de onde essa torta veio… É mais uma que estava perdida no meio do meu milhão de “receitas pra testar um dia”. Mas ainda assim fiz pequenas alterações para ajustar as proporções. Fiz apenas metade da quantidade indicada de massa e rendeu duas tortas de 20cm, sendo que a metade da massa ficou embrulhada na geladeira e só foi usada 3 dias depois. Já pra o recheio precisei usar uma receita inteira em apenas uma tortinha. É que gosto das minhas tortas beeem recheadas.
Na receita abaixo eu deixo a sugestão de fazer o mesmo, guarde metade da massa e faça outra torta, fresquinha alguns dias depois. E não esqueça de deixar um pote de sorvete no freezer, ele é o melhor acompanhamento pra essa sobremesa!
torta banana caramelada ptTorta de banana caramelada
xícara de 240ml

Massa:
1 1/4 xícara de farinha de trigo
100g de manteiga gelada em cubinhos
1/3 xícara de açúcar
1/2 colher sopa de fermento em pó
1/2 ovo*

* para medir meio ovo quebre-o em uma tigelinha e misture apenas o suficiente para ficar homogêneo. Então é só medir metade da mistura. O restante dá pra fazer ovo mexido muito bom daqui.

Misture todos os ingredientes secos. Acrescente a manteiga e vá esfarelando os cubinhos para formar uma farofa. Por último junte o ovo e misture apenas até que forme uma bola de massa. Não sove ou misture demais para não ficar uma massa elástica.
Separe metade e guarde na geladeira, embrulhada em filme plástico por até 3 dias. A outra metade deixe descansar na geladeira por cerca de 20minutos.

Cubra o fundo e as laterais de uma forma (prefiro de fundo removível) de 20cm com a massa descansada. Fure toda a massa, laterais inclusive, e volte pra geladeira até o momento de usar.
torta banana caramelada fbRecheio:

3 xícaras de bananas cortadas em meia lua – usei a prata
5 colheres sopa de açúcar
30g de manteiga
canela a gosto

Em uma panelinha junte a manteiga e o açúcar e leve ao fogo baixo até que o açúcar derreta. Junte as bananas e deixe cozinhando em fogo baixo até que elas tenham começado a cozinhar e não haja mais líquido no fundo da panela. Desligue o fogo e deixe esfriar antes de usar.

Montagem:

Transfira as bananas e o caramelo para a forma com a massa e leve ao forno a 180° até que as laterais da massa fiquem douradas. Sirva quentinha, pura ou com uma bola de sorvete.

Salvar

Sorvete de banana assada

A gente já teve sorvete de banana mega simples por aqui. Hoje é sorvete de banana mais elaborado e com um sabor um pouco diferente já que a banana é assada antes. Aliás, pra quem tiver com preguiça de fazer sorvete (mas é tão fácil…) vale dar uma olhada no preparo da banana assada, que sozinha já é uma receita ótima!

Esse sorvete veio lá do brown eyed baker e mudei só duas coisinhas. A original leva sal grosso e eu usei o sal fino, comum mesmo; e a receita é finalizada na sorveteira, mas não temos então vai de liquidificador mesmo. Pra quem tem a sorveteira é uma boa porque deve ficar bem mais cremoso! Mas pra quem não tem, fica a descoberta que dá pra fazer no liquidificador também!

Dá pra fazer no processador? Até dá, mas vão ficar uns pedacinhos de banana e caramelo, enquanto no liquidificador vai ficar bem mais homogêneo. Daí varia de acordo com seu objetivo.
sorvete de banana assada 1Sorvete de banana assada – original aqui
xícara de 240ml

3 bananas médias – usei prata e super madura
1/3 xícara de açúcar mascavo
20g de manteiga sem sal gelada
1 1/2 xícara de leite integral
2 colheres açúcar cristal
1/2 colher chá de baunilha
1 1/2 colher chá de suco de limão
1/4 colher chá de sal – pode ser o marinho

Descasque e pique as bananas em rodelas finas e passe para uma assadeira. Pique a manteiga em pedacinhos e misture com as bananas e o açúcar mascavo. Leve tudo ao forno a 180° por 30minutos. No meio do tempo retire a assadeira do forno e misture tudo novamente para ter certeza de que o caramelo pegou em todas as bananas.
Só isso já fica delicioso pra comer puro ou com canela.

Pra fazer o sorvete transfira as bananas e o caramelo formado para o liquidificador junto do restante dos ingredientes. Bata até formar uma mistura homogênea e leve ao congelador por cerca de 8h. Ou deixe a noite toda, como eu fiz.

Depois que estiver congelado já vai parecer um sorvete, mas bem cristalizado. Tire do congelador por uma meia hora e bata novamente no liquidificador. E volte pro congelador por mais algumas horas. Pra quem tiver paciência, quanto mais vezes liquidificar, menos cristalizado vai ficar. Eu não tenho paciência nenhuma, e mesmo com apenas duas batidas já achei que ficou gostoso.

(Pra quem tiver a sorveteira ela entra na receita depois da primeira noite no congelador.)
Daí é só servir com o seu confeito ou cobertura favoritos.
sorvete de banana assada

Bolo Bananada

Mais uma receita da turma do “e se…”. A ideia era um bolo beem úmido tentando combinar banana, chocolate e café… Tudo pra aproveitar bananas hiper maduras e um mundo de café congelado dando sopa por aqui.

O resultado foi realmente um bolo super úmido, daqueles que nem dá pra fazer o teste do palito, quase que a textura desses doces de corte que tem na roça (aka bananada…). A combinação de banana com chocolate deu certo como sempre… já o café sumiu do bolo coitado! Não sei se o café não tava muito forte, ou se foi muita banana, sei que ele só serviu pra ajudar a escurecer a massa.

O que não é de todo mal já que:
1 – o bolo fica com uma cor linda, parecendo que foi feito com cacau
2 – é sempre bom ter jeitos de aproveitar o café que sobrou, e congelar pra usar depois é bem fácil.

Se quiser usar café fresco dá certo, e se quiser usar água no lugar do café tá tranquilo também.
bolo bananada 1Escolha bem o tipo de banana que for usar, pra quem prefere sabores mais suaves aconselho a prata. A que eu tinha era caturra, que tem o sabor bem mais proeminente e é um pouco mais doce também. Enfim, dá pra variar bastante de acordo com as opções disponíveis.

Detalhe também, como era receita nova fiz um mini bolo. As medidas abaixo resultam num bolo inglês de 20x8cm que, apesar de subir, murcha depois. É o tipo de prato que dura só uma refeição mesmo: forte e em pouca quantidade.

Bolo Bananada
xícara de 240ml

1 banana média
1 ovo
100ml de café
3 colheres sopa de açúcar
3 colheres sopa de chocolate em pó
1 xícara de farinha de trigo
1/2 colher chá de fermento em pó

Em uma vasilha misture a farinha e o fermento e reserve.
Bata os outros ingredientes no liquidificador até ficar homogêneo. Se o café for congelado, vale descongelar no microondas antes, pra facilitar.
Junte os líquidos aos secos e misture delicadamente até incorporar tudo.
Transfira para uma forma untada e leve ao forno a180° por cerca de 50min. O teste do palito funciona meio torto, o palito vai sair sujo, mas dá pra perceber quando a massa passou de líquida pra assada. Tipo brownie, mas sem a casquinha quebradiça…
Se quiser cobrir com o açúcar de confeiteiro espere esfriar completamente para não melecar tudo.
bolo bananada 2