Baba ganoush da casa, aka patê de berinjela

Baba ganoush, também conhecido como patê de berinjela. Um queridinho dos vegetarianos que não tem porque não ser amado por TODO MUNDO!
baba ganoush

Tá, eu posso estar exagerando? Talvez. Mas esse patê é muito gostoso mesmo. E o sabor é meio que surpreendente também. Se você nunca comeu e tá pensando naquela berinjela assada ou frita do almoço… esquece! O sabor dele não tem nada a ver com aquele. É mais defumado, mais salgadinho, mais ácido, mais o que você quiser na verdade.

Ou pode lembrar um pouco a berinjela de todo dia, se você quiser… É que essa é uma receita tradicional, e aí caímos na “Regra do Cozinha para Receitas Tradicionais“: para cada avó no mundo, uma receita e um sabor diferente. Sério. O Baba ganoush é daquelas receitas que não tem muita medida exata, nem lista de ingredientes única. Então cada família vai fazer o seu. E cada família vai falar que o seu que tá certo.

“Como assim você coloca alho?”, “Não tem azeite no seu?”, “De jeito nenhum pode colocar as sementes!” e por aí vai. Não ligue pra isso, diga que a versão que você fez é a da sua família e pronto. É o que eu fiz aqui, justamente pra evitar polêmicas de “meu baba ganoush que é o original”. Até porque, sabe de onde vem esse prato? Da região do Levante. Essa área fica no oeste do mar Mediterrâneo e abriga países como Líbano, Síria, Egito, Israel, Palestina… E aí você tem vários povos diferentes requerendo a criação do prato. Já viu onde a briga vai dar? Não gostamos de briga ao redor da mesa por aqui. Então fica assim:

O Baba ganoush é um prato antiquíssimo.
Vem de uma região que abriga diferentes povos.
E que, ao longo dos séculos, ganhou diferentes versões.
Essa é só uma delas.
Não tem como ficar ruim, qualquer versão vai valer a pena você experimentar.
(de novo, eu posso estar exagerando, mas eu realmente amei o prato)

Será que já consegui me livrar de todas as tretas possíveis? Então vou lá aproveitar meu patê com uns biscoitinhos integrais.
baba ganoush

Baba ganoush

3 berinjelas pequena
sal
1 dente de alho
limão
1 colher de tahine
azeite – opcional

Com um garfo, ou uma faca, faça diversos furos ao longo das berinjelas. Coloque cada uma direto na chama até que a casca queime totalmente. Se quiser um sabor defumado mais forte coloque as berinjelas direto sob uma tampa/vasilha virada, por alguns minutos, até amornarem.

Tire as cascas das berinjelas e amasse a polpa; você pode tirar a parte das sementes ou deixar, depende da textura final que você quer. Junte a essa polpa amassada o tahine e o alho e misture bem. Vá adicionando o sal e o limão aos poucos e provando até conseguir um sabor que te agrade. Você pode servir imediatamente ou cobrir com um filme plástico e deixar por meia hora na geladeira antes de servir.

 

Salvar

Salvar

Salvar

Torta Ratatouille, pra um inverno vegetariano

Torta ratatouille, ou basicamente um ratatouille metido a besta sobre uma massa crocante.
torta ratatouille

É aquele mesmo do filme do ratinho, sabe? O Ratatouille, além de nome de filme, é um prato típico francês com legumes (berinjela sendo essencial) levados ao forno e/ou cozidos. Depois da animação ficou na moda cortar o legumes em rodelas e enfileirar em carreiras ao longo de um pirex, formando um desenho bem hipnótico. O que fiz aqui foi foi uma mudança na apresentação mas mantendo a base.

Meus legumes ainda são fatiados, mas de comprido. E em vez de enfileirados foram enrolados, formando uma florzona. Pirex? Ele virou uma massa crocante, muito da gostosa, mas bem básica pra não roubar o protagonismo dos legumes. Aliás, se você tem uma massa favorita que acha que vai combinar, vai fundo. Ela só não pode inflar muito pra não desmontar o desenho.

A mesma massa, com adaptações, pode servir pra recheios muito doces

torta ratatouille

Torta Ratatouille

Massa:
3 xícaras de farinha de trigo
100g de manteiga sem sal gelada
1 ovo
1/2 colher chá de sal
1 pitada de pimenta do reino
cerca de 10 colheres sopa de água gelada – bem gelada

Recheio:
1/2 xícara de molho de tomate – usei uma passata
1 abobrinha grandona
1 berinjela grandona
1 tomate
sal a gosto

Comece cortando a berinjela em fatias bem finas; coloque em uma vasilha com água e sal e deixe de molho por cerca de 1h. Enquanto isso prepare a massa:
Misture a farinha com o sal e a pimenta; junte a manteiga em cubinhos e vá esfarelando a manteiga até ficar mais ou menos uma areia grossa. Junte o ovo e comece a juntar a massa. Vá adicionando a água e amassando apenas o suficiente para juntar a massa em uma forma coesa. Pode ser que você precise de mais ou de menos água. Massa lisa e coesa deixe gelar por 30min, coberta por filme plástico. Enquanto isso fatie a abobrinha e o tomate.

Abra a massa e forre uma forma de torta com cerca de 24cm. No meu caso a massa ficou mais grossinha, por motivos de família gosta assim. Você pode usar uma forma maior e fazer uma massa mais fina. Espalhe o molho de tomate no fundo da torta e comece a fazer uma rosa enrolando abobrinha e berinjela (no vídeo dá pra entender melhor). Finalize com as fatias de tomate e sal a gosto. Cubra com papel alumínio e leve ao forno por 30min, retire o papel e deixe no forno mais uns 20min, até que a massa doure. Sirva quentinha.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Berinjela a parmegiana

Já comentei uma vez aqui no Cozinha sobre a Segunda Sem Carne (com o nome original de Meatless Monday) que tem como objetivo incentivar as pessoas a escolherem um dia da semana, no caso segunda feira, para não consumir carne. Os motivos de quem escolhe parar ou reduzir o consumo de carne são vários e vão desde empatia pelos animais até preocupação com a saúde (própria ou do planeta). Embora não veja problema em comer carne, eu gosto de conseguir variar o cardápio. Não sou fã da ideia de que sem tal ingrediente a “refeição não tá completa”. É importante ter uma refeição completa na questão dos nutrientes, mas as fontes podem variar… Na verdade é até bom que variem!

Mas Sabrina, precisa ser na segunda? Toda segunda? Não gente, a ideia é reduzir o consumo de proteína animal. Eu não como carne nas quintas por conta da rotina da família, cada um adapta a ideia pro seu dia a dia. Quer comer carne todo dia, tudo bem? Mas que tal transforma-la no acompanhamento, em vez de ser o prato principal? Você pode acabar descobrindo novas formas de preparo de outros alimentos e assim conseguir uma alimentação mais colorida e balanceada!
berinjela parmegianaEnfim, pensando nisso tudo hoje a gente tem berinjela!! E não torce o nariz não que ficou uma delícia!! Eu tenho problemas em preparar berinjelas porque normalmente elas acabam mal cozidas e amargas… Mas essas ficaram bem macias e sem nada de amargo! E elas combinaram super bem com a muçarela e o tomate, se bem que né, tudo combina com muçarela e tomate… Vou experimentar outros legumes feitos desse jeito…
A ideia veio lá da Casa e Jardim, mas o que vi funcionou mais como inspiração e acabei mudando a montagem pra ficar mais parecida com o bife a parmegiana mesmo. Se quiser um resultado mais parecido com uma lasanha aí sim vale seguir a receita e a montagem deles direitinho. 😉
berinjela parmegiana 2
Berinjelas a parmegiana – serve 3 pessoas

2 berinjelas médias
óleo e farinha pra fritar
1/2 lata de tomates pelados – ou molho de tomate
cerca de 200g de muçarela
manjericão
sal

Descasque as berinjelas com um descascador de legumes ou uma faca bem afiada, pra tirar só a casca fininha mesmo. Corte em fatias de cerca de 1cm e cubra todas com sal. Deixe descansando no sal por cerca de 40min.
berinjela
Passado o tempo lave as berinjelas e seque-as bem. Em uma panela coloque um dedo de óleo pra esquentar. É só pra cobrir o fundo da panela mesmo. Passe cada fatia de berinjela na farinha de trigo e frite no óleo já quente. Tente não superlotar a panela com as fatias, parece que vai mais rápido mas é só uma ilusão. A medida que for fritando transfira as fatias para um prato com papel toalha para escorrer o excesso de óleo.
Para montar escolha um pirex grande e disponha as berinjelas em uma única camada, cubra com a muçarela e por último o molho de tomate/tomate enlatado. Leve ao forno a 200° até que o queijo derreta e a água que a berinjela soltar seque. Antes de servir complete com algumas folhas de manjericão.

bastaaaante queijo

bastaaaante queijo

Salvar