Homus de grão de bico, e algumas ideias

Homus de grão de bico, aquela pasta que entrou na moda junto das receitas vegans, mas que é boa opção pra todo mundo. E que vira patê, molho, acompanhamento, base…

homus de grão de bico e pão sírio

Começando do começo: Homus é uma pasta feita com grão de bico e tahine, que tem mais de mil anos de história. Mesmo. Existem registros de uma pasta fria de grão de bico sendo consumida lá pelo século VIII. E, além de antigo, o Homus é um prato ultra tradicional no oriente médio. Já percebeu pra onde vamos?

Não tem receita exata! É uma receita pra cada vó no mundo e cada um vai falar que a da sua família que é a certa. Então melhor já deixar claro: os ingredientes e quantidades listados abaixo são mera sugestão. Eu fiz a receita desse jeito e a gente se esbaldou, então estou passando adiante. Você pode preferir um homus com mais limão, menos sal… E ir ajustando como preferir.

A única coisa que parece que todos concordam é que os ingredientes do homus tradicional são: grão de bico, tahine, azeite, sal, limão e alho. Vai ter gente acrescentando coisa e ignorando ingrediente. E ninguém tá errado. Até porque se você procurar por aí vai achar até homus de beterraba, que tem uma cor linda mas eu ainda não tive coragem de provar. Eu gosto da ideia de me ater ao ingrediente principal e ficar com ele.

Então quais são os diferenciais dessa receita? Primeiro o bicarbonato. Tinham me dito que ele amaciava a casca do grão e não precisaria descascar. No meu caso ele descascou o grão! Quando abri a panela as cascas estavam saindo sozinhas e só precisei separar. Mas descascar não é uma regra, se você não tem problemas com a casca ignore essa parte. Até porque vai tudo pro processador mesmo… Em segundo lugar o tahine. Usei o caseiro, que tem receita aqui. É muito simples de fazer, e vale a pena caso seja mais caro ou difícil de achar onde você mora. Já tentei fazer homus sem tahine mas não fica a mesma coisa.

Por último, customizações! O jeito favorito de comer homus aqui em casa é simplesmente passando no pão sírio e pronto. Mas outra forma que ganhou meu coração foi como molho de salada. Com o molho de homus e um pouco de gergelim torrado qualquer alface fica mais interessante. Além disso você pode usar no lugar da maionese em um sanduíche (com pernil e pera dourada ficou ótimo), ou mesmo como acompanhamento de um assado. Tem outra ideia? Deixe nos comentários! Animou a experimentar? Tire uma foto e marca @cozinharoman nas redes sociais!

homus de grão de bico e pão sírio

Homus de grão de bico

2 xícaras de grão de bico
1 colher chá de bicarbonato
100g de tahine – receita aqui
5 colheres sopa de limão*
2 colheres sopa de azeite*
2 colheres chá de sal*

*todos esses ingredientes são ao gosto de quem faz, as quantidades são apenas sugestões.

Em uma vasilha grande cubra todo o grão de bico com água e deixe de molho por 8-12 horas. Descarte a água do molho e transfira o grão de bico para uma panela. Cubra com água novamente e adicione o bicarbonato. Cozinhe em fogo médio até que o grão esteja macio, mas não molenga. Descasque os grãos e transfira para um processador, ou liquidificador potente.

Adicione algumas colheradas da água do cozimento do grão e comece a bater. Vá adicionando os outros ingredientes aos poucos e provando. Quando tiver uma pasta homogênea e que você ache gostosa, está pronto. Guarde na geladeira em vasilha tampada.

Você pode servir o homus do jeito que está ou pode fazer um molho:

3 partes de homus
2 partes de azeite
1 parte de limão
sal a gosto
água pra ajustar a consistência

É só misturar tudo e pronto.

————————

Em 2015: Pão Pita – que combina muito com o homus
Em 2016: Limonada de abacaxi

Deixe uma resposta