Bolo de maçã verde pro café da tarde

Bolo de maçã verde, aquele bolo diferente pra fazer bonito na mesa, mas ao mesmo tempo simples pra apenas acompanhar o café.
bolo de maçã verde

A receita original era pra um bolo confeitado, com direito a recheio, cobertura de manteiga de amendoim, enfeites no topo e tudo mais. Mas fiquei bem feliz e ter feito apenas a versão simples: só o bolo e umas fatias de maçã no topo. É que esse é um bolo pesado. Mesmo.Não venha esperando bolinho fofinho com pedacinhos de maçã.

Pra isso você pode experimentar essa receita aqui

Esse é um bolo de maçã verde ralada. Isso quer dizer que a maçã meio que some na massa, contribuindo para um bolo mais substancioso e com uma textura mais uniforme. Eu gosto. Mas acho que recheio e cobertura seriam excessivos. Esse vai bem no combo uma fatia de bolo uma xícara de café…
Tá, e uma colherada de caramelo…
bolo de maçã verde

Pra quem não é fã de canela e/ou noz moscada tá tudo bem, os sabores são bem suaves. Pra quem não gosta mesmo é só não usar. Fica bom também, creio eu….
E sim, vale fazer com outras maçãs também. Como sempre: vai do seu gosto!

Bolo de Maçã Verde – original aqui

1 1/2 xícara de maçã verde ralada
6 colheres sopa de açúcar refinado
1/2 xícara de açúcar mascavo
1/2 colher chá de canela
1/4 colher chá de noz moscada
1/2 xícara de óleo
2 ovos
1 colher chá de essência de baunilha
1 3/4 xícara de farinha de trigo
1 colher chá de bicarbonato de sódio
1/2 colher chá de fermento em pó
1/4 colher chá de sal
1 maçã verde fatiada para enfeitar

Modo de preparo mais fácil do mundo: em uma vasilha vá juntando os ingredientes na ordem descrita e misturando a cada adição. Transfira para uma forma untada e cubra com as fatias de maçã. Leve ao forno, aquecido a 200C, até que espetando um palito ele saia limpo. Espere esfriar antes de desenformar.
bolo de maçã verde

Salvar

Salvar

Bolo surpresa de coco

Bolo surpresa de coco, parece só um bolo normal com uma coberturinha de açúcar e quando você parte: recheio surpresa!
bolo surpresa de coco

Um bolo desse tipo já apareceu por aqui: o bolo surpresa de maracujá. E não sei porque demorei tanto tempo pra fazer outro. Esse tipo de bolo não é tão festivo e pesado quando um bolo completo com várias camadas de recheio e cobertura completa. Mas também não é só um bolo simples sem nenhuma firula.

Se quiser fazer só o bolo de coco dessa receita, sem recheio nem nada também fica uma delícia! Eu só trocaria o coco ralado simples por um adoçado.

E com toda essa versatilidade o bolo surpresa de coco daqui a pouco vai virar bolo surpresa de diversos sabores! Chocolate com coco, coco com abacaxi, só de abacaxi, morango com creme… Vou ter que me segurar pra não ter um novo a cada mês…. Se tiver algum sugestão de combinação de sabores é só deixar nos comentários! Qual o seu favorito?
bolo surpresa de coco

Bolo Surpresa de Coco

Bolo – original aqui

120g de manteiga
1 1/4 xícara de açúcar refinado
1 1/3 xícara de farinha de trigo
3 colheres sopa de amido de milho
1/2 colher chá de fermento
1/2 colher chá de sal
1/2 colher chá de essência de baunilha
3 ovos
200ml de leite de coco
1 xícara de coco ralado

Bata a manteiga com o açúcar até obter um creme claro. Junte os ovos e a baunilha e bata até ficar homogêneo. Junte então o amido, o sal e o fermento e bata novamente.
Adicione a farinha, o leite de coco e o coco, misturando bem entre cada adição. Quando a massa estiver homogênea transfira para uma forma redonda com furo no meio, untada. Asse em forno aquecido a 200° até que doure. Espere esfriar antes de desenformar.

Recheio

1 lata de leite condensado
100ml de leite de coco
100g de coco ralado

Junte todos os ingredientes em uma panela e cozinhe em fogo médio até começar a desgrudar da panela. O ponto não precisa ficar tão apertado quanto o de brigadeiro de enrolar. Transfira para um prato, cubra com filme plástico e deixe esfriar antes de usar.

Cobertura

Leite de coco
Açúcar de confeiteiro
Coco ralado

Misture o açúcar com o leite de coco até dissolver bem. Você pode deixar mais líquido ou mais cremoso conforme o seu gosto. Reserve o coco para decoração.

Montagem

Desenforme o bolo e vire de cabeça pra baixo no prato de servir. Corte o topo e reserve. Cave o miolo do bolo, tomando cuidado pra não furar nem as laterais nem o fundo. Recheie com o creme de coco e tampe novamente. Tenha cuidado de preencher completamente o “túnel” cavado mas sem ultrapassar a altura do bolo. Cubra o bolo com a cobertura e açúcar e finalize com o coco ralado. Deixe na geladeira por pelo menos 2h antes de servir.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

bolo de laranja de liquidificador, feito com a laranja inteira!

Bolo de laranja de liquidificador com a laranja inteira e eu prometo que não fica nem um pouco amargo!
bolo de laranja de liquidificador

Essa receita é conhecida como o bolo de laranja da minha mãe, mas por aqui vamos colocar como bolo de laranja de liquidificador pra ficar mais didático. Mas continua sendo a receita que a minha mãe faz desde sempre. E isso rola porque o bolo é ótimo!

Sabe aquele bolo fácil, simplérrimo, bom pra acompanhar o café? É esse! O método é o mesmo do bolo de cenoura: bate no liquidificador e depois mistura com a farinha e o fermento. E aqui eu confesso que só não bati tudo porque eu tenho medinho de bater fermento no liquidificador (já teve desastre por aqui). Nem precisei mudar nada na receita, só medi tudo com xícaras e colheres padrão pra deixar acessível pra todo mundo.
bolo de laranja de liquidificador

Só deixo uma dica: a laranja escolhida vai fazer toda a diferença! A melhor, e que a gente usa sempre pra essa receita, é a Laranja Pera. Mas qualquer laranja da casca fina vai servir. O complicado é querer usar uma laranja Bahia por exemplo; como ela tem a casca mais grossa o risco de o bolo ficar amargo surge. Agora, tem quem ame o gostinho amargo, daí ela é uma ótima ideia!

Bolo de laranja de liquidificador

1 laranja  de casca fina
1 xícara de açúcar
2 ovos
3/4 xícara de óleo
1 colher sopa de fermento em pó
2 xícaras de farinha de trigo

Lave bem a laranja e corte as pontas, sem atingir a parte da polpa. Corte a fruta em 4 partes e retire sementes e o miolo branco. Corte os 4 pedaços em cubos menores caso seu liquidificador não seja dos mais potentes.
Junte no liquidificador a laranja cortada, os ovo, o óleo e o açúcar, e bata até obter uma mistura homogênea.
Em uma tigela misture a farinha e o fermento e junte a mistura do liquidificador. Misture apenas até todos os ingredientes estarem incorporados na massa. Transfira para uma forma untada e leve ao forno, aquecido a 200°, até que doure.

Salvar

Salvar

Salvar

(Mini) Mega Bolo de chocolate – Especial Páscoa

Um mega bolo de chocolate, só porque é um bolo todo de chocolate, com recheio de chocolate, com decorações de chocolate…
mini mega bolo de chocolate

Quer melhor época pra fazer um bolo de chocolate que seja todo de chocolate? Não é buttercream com chocolate, não é brigadeiro, não é creme de chocolate. O máximo que aceitei foi a ganache, que é um creme com mais chocolate que tudo. E os suspiros, meu novo xodó!

Esses suspirinhos foram criação de última hora e ficaram uma delícia! Além de serem uma receita por si só: é só fazer um pouco maior e pronto, sobremesa simples feita.
Além deles também teve ovinhos e placas de chocolate pra decorar o que, de outra forma, poderia ser um bolo simples. Porque sim, se você quiser esse bolo pode ser um bolo de chocolate simples, no lugar de um mini mega bolo de chocolate.
mini mega bolo de chocolate

Mini mega bolo? É! Ele segue a ideia dos mega bolos com mais camadas, ou seja mais alto, e com decorações mirabolantes. Mas tem apenas 13cm de diâmetro! Ótima opção pra famílias pequenas né? E se a sua família for grandona é só dobrar a receita e pronto!

(Mini) Mega Bolo de Chocolate

Bolo – original aqui

2 xícaras de farinha de trigo
1 xícara de açúcar*
2 xícaras de chocolate em pó 50%*
2 colheres chá de bicarbonato de sódio
1 1/3 colher chá de fermento em pó
1 1/3 colher chá de sal
2 ovos grandões
1/3 xícara de óleo
1 xícara de leite
1 colher sopa de limão
4 colheres sopa de kahlua – receita aqui
3/4 xícara de água quente

*Inverta as medidas se for usar cacau puro, usando 2 xícaras de açúcar e 1 xícara e cacau.

Misture o leite e o limão e deixe descansar por 20min.
Unte 4 formas* redondas de 13cm e forre o fundo com papel manteiga e unte o papel também. Se as formas forem de fundo falso vai ser bem mais fácil. Ligue o forno a 180° para ir aquecendo.
Misture os ingredientes secos em uma vasilha e os molhados em outra. Junte ambos e misture apenas o suficiente para ficar homogêneo. Transfira a massa para as 3 formas e leve ao forno até que assem completamente.
Espere esfriar antes de desenformar.

*Você também pode fazer apenas dois bolos alto e depois corta-los no meio.

Recheio e Cobertura

600g de chocolate meio amargo
395g de creme de leite – uma lata com soro

Pique o chocolate em pedaços pequenos e leve ao banho maria para derreter. Junte o creme de leite e misture até ficar homogêneo. Tampe e deixe esfriar fora da geladeira. Dá pra fazer no dia anterior se quiser.
Logo antes de usar bata com uma batedeira até ficar mais claro e aerado.
mini mega bolo de chocolate

Suspiros de chocolate

1 clara
1 pitada de sal
1/2 colher sopa de cacau em pó
1 colher sopa de açúcar refinado

Bata as claras com o sal até obter picos suaves. Acrescente o açúcar e o cacau e bata até obter picos firmes. Com um saco de confeiteiro e um bico pitanga pequeno faça mini suspiros em uma forma com papel manteiga. Asse em forno baixíssimo* até que os suspiros sequem. Deixe esfriar no forno.

*Se seu forno não fica a menos que 180° asse com a porta entreaberta até que sequem, então desligue o forno e feche a porta até que esfrie.

Decorações de chocolate

chocolate meio amargo temperado
chocolate branco temperado
corante em gel

Tinja o chocolate branco da cor escolhida e coloque em um saco de confeiteiro (ou sacola com quina cortada); faça riscos de chocolate sobre uma folha de papel manteiga. Depois que secar cubra com o chocolate meio amargo formando uma placa.
Use o chocolate restante para preencher formas de mini ovos ou o formato escolhido.
mini mega bolo de chocolate

Montagem do seu (mini) mega bolo de chocolate

Corte os topos dos bolos, deixando todos retos e transfira um para uma bailarina ou a superfície onde você for trabalhar. Cubra com um pouco de ganache e outra camada de bolo. Repita, repita, repita. Se os bolos ficaram um pouco tortos, aproveite a ganache para acertar isso e conseguir um resultado mais reto no final.

Cubra as laterais e o topo do bolo com a ganache, mas deixe um pouco (1/4 de xícara mais ou menos) para finalizar o acabamento depois. Eu gosto de usar uma régua de plástico, dessas de escola, para deixar o bolo o mais reto possível. É só separar uma apenas para a cozinha e higienizar bem antes de começar a usar.

Com o bolo todo coberto, leve para a geladeira e espere pelo menos umas 2h para que a ganache endureça um pouco. Passado esse tempo, aqueça levemente a ganache que você separou e use para acertar possíveis falhas nas laterais, quina e topo do bolo. Transfira para o prato em que for servir, se já não estiver nele, e só falta decorar! Eu usei os mini suspiros para dar acabamento na parte de baixo; quebrei a placa de chocolate para fazer o topo, e finalizei com mini-ovinhos e mais alguns suspiros. O arco verde é parte o chocolate colorido que não foi coberto quando fiz a placa.

——————————
Em 2015: Chá caramelado

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Bolo crepe prestígio, e vai ter mais sabores viu…

Bolo crepe é isso aí né: um monte de crepe empilhado com recheio entre eles, formando um bolo. E nem precisa mais nada pra ficar gostoso! Mas ainda tem uma coberturinha porque eu não tenho juízo….
bolo crepe prestígio

Eles ficaram na moda algum tempo atrás, mas acabou que eu nunca tinha experimentado o tal bolo crepe. Principalmente porque a maioria das receitas que eu tinha visto eram com buttercream, recheio que não faz muito sucesso aqui em casa. Então estava eu pensando qual recheio usar pra esse tipo de bolo quando me aparece uma foto de um beijinho (deve ter sido no Pinterest…)

Pronto, problema resolvido: bolo crepe recheado com beijinho. E pra ficar mais bonito com massa de chocolate que aí já vira um bolo crepe prestígio!
bolo crepe prestígio

A receita da massa veio de uns crepes smores gringos e tudo que eu fiz foi dobrar a receita pra render um bolo de altura decente. Aliás, a ideia dos crepes smores é bem boa: recheia com marshmallows derretidos, biscoitos quebrados e pedaços de chocolate. Não tem como não ficar bom.

Uma dica: não use receita de massa de panqueca. Ela não tem a elasticidade necessária pra fazer os discos tão fininhos quanto os crepes.

Ainda nos crepes: a quantidade deles varia de acordo com o tamanho que você fizer. Os meus tem cerca de 15cm e a massa rendeu uns 25, mais ou menos. O suficiente pra usar todo o recheio e ainda sobrarem uns 4 discos. Falando em recheio: é o beijinho clássico; tudo que eu fiz foi acrescentar creme de leite pra enriquecer e diminuir a doçura. A cobertura foi improvisada, e meu conselho mor é: guarde essa receita de cobertura! Ela é mega simples, com dois ingredientes só, fica uma delícia e serve pra um mundo de receitas!
bolo crepe prestígio

Bolo crepe de prestígio

Recheio

1 lata de leite condensado
100g de coco ralado fino- usei não adoçado
25g de manteiga
1/2 caixinha de creme de leite – 100g

Misture todos os ingredientes e leve ao fogo médio, mexendo sempre, até atingir o ponto de brigadeiro. Não precisa atingir o ponto de enrolar pra não ficar difícil de montar o bolo, só não pode ficar muito mole. Transfira o doce para um prato e cubra com filme plástico. Deixe esfriar mas não leve para a geladeira para não ficar muito duro.

Crepes – original aqui

1 1/2 xícara de farinha de trigo
1 1/2 xícara de leite
8 colheres sopa de chocolate em pó 50%*
4 colheres sopa de açúcar*
2 colheres sopa de essência de baunilha
4 ovos

*se preferir usar cacau puro ajuste as medidas para 4 colheres sopa de cacau e 8 colheres sopa de açúcar

Bata os ovos até espumarem. Adicione o leite e a baunilha e bata novamente. Junte todos os ingredientes secos e misture delicadamente até que sejam totalmente incorporados. Cubra a massa com um filme plástico e leve a geladeira por pelo menos 30min.
Esquente uma frigideira, de preferência antiaderente, e unte com manteiga. Derrame uma pequena porção de massa na frigideira e espalhe bem; a intenção é fazer uma camada bem fina de massa. Deixe cerca de 1 minuto até que a parte de cima não esteja mais líquida e então, com cuidado, vire e deixe até dourar o outro lado. Repita até acabar a massa.

Cobertura

50g de chocolate – seu favorito
50ml de leite

Misture os dois e leve ao fogo baixo até que o chocolate derreta e forme um creme. Use imediatamente.

Montagem

Basicamente é só empilhar crepes e recheio alternadamente até um deles acabar, terminando com um crepe. Espalhe a cobertura sobre esse último crepe e finalize com algumas raspas de chocolate ou seu confeito preferido.

Dicas: faça camadas finas de recheio. Vai parecer pouco, mas como são muitas camadas no final fica bem equilibrado. Falando em equilíbrio, dependendo dos crepes algumas camadas podem ficar meio tortas. Um jeito de arrumar é partindo um crepe e colocando uma camada a mais no lado mais baixo. Vide a foto abaixo.
bolo crepe prestígio

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Bolo de avelã e eu quase queimei a manteiga

Bolo de avelã com manteiga noisette, que seria francês para pequena noz, ou avelã Então basicamente é um bolo de avelãs com manteiga disfarçada de avelã?

Mais ou menos isso. A manteiga noisette é uma manteiga que foi levada ao fogo e “cozida” até dourar. Além da cor ficar dourada ela começa a exalar um aroma que lembra (adivinha só) avelãs!
bolo de avelã

A versão original desse bolo de avelã, que veio do sal de bolinha, era um bolo inglês (a forma, não a receita) com a tal manteiga noisette na massa, e avelãs trituradas e gotas de chocolate enriquecendo mais ainda. Fiz tudo isso? Não fiz… O bolo ficou bom mesmo assim? Ficou ótimo!

O que me leva a pensar que da próxima vez vou seguir a receita original a risca…

Vamos ao que eu mudei na receita, que é sempre a maior parte dos escritos dessa Cozinha. Primeiro eu tirei o chocolate. Sim, eu sei. Mas a páscoa vem aí, já vai ter chocolate o suficiente na minha vida e eu acabei tirando. E, como eu disse, continuou muito bom. Fica um bolo mais simples, com cara de bolo pro café da tarde; então é só escolher qual seu objetivo e decidir se vai colocar o chocolate ou não.

No lugar onde iria o chocolate eu coloquei mais avelãs, então é só dividir o peso entre os dois e pronto.
bolo de avelã

Agora uma mudança contra minha vontade. Eu triturei as avelãs no liquidificador então algumas ficaram num tamanho bom (imagine gotas de chocolate como referência) e outras viraram farinha. Isso acaba interferindo na textura final da massa. Então aí vai a dica:

Quer bolo levinho com muitos pedaços de avelãs? pique com uma faca pra controlar melhor os tamanhos dos pedaços.

Quer um bolo mais massudo e com massa mais homogênea? Triture as avelãs até conseguir um pouco de farinha.

Por último: guarde um pouquinho de avelãs pra colocar em cima da massa que fica ótimo!
bolo de avelã

Bolo de avelã com manteiga noisette – original aqui

100g de avelãs
60g de manteiga sem sal
1/2 xícara de açúcar mascavo
2 ovos pequenos – ou um jumbo
1 xícara de farinha de trigo
1/2 colher chá de fermento em pó

manteiga noisette

manteiga noisette esfriando (quaaase queimada)

Primeiro prepare a manteiga noisette: Em uma panela de fundo claro (pra poder ver bem a cor dela) leve a manteiga ao fogo baixo. Ela vai derreter e começar a parecer ferver. Vai surgir espuma e a espuma vai embora. E durante todo o processo você não tira o olho dela. Quando ela começar a ficar um tom de caramelo claro é porque tá pronta. Eu quase passei do ponto, e você sabe disso porque começam a aparecer pontinhos escuros, que são os sólidos da manteiga queimando. Tente muito não chegar a esse ponto. O aroma vai ser de castanhas, o que é muito estranho e mágico. Reserve a manteiga pra ela esfriar antes de entrar na massa.

Triture as avelãs grosseiramente. Para um maior controle a faca é a melhor opção, mas se quiser pedaços bem pequenos, quase uma farinha vale o liquidificador.

(pra maiores detalhes dá uma olhada no texto ali em cima)

E finalmente, ligue o forno a 180° pra ir aquecendo.

Em uma vasilha bata os ovos com o açúcar até formar um creme mais claro. Junte a farinha e o fermento e bata até formar uma massa homogênea. Só então acrescente a manteiga. A massa vai ficar com uma textura diferente, meio oleosa, mas misture bem até incorporar tudo. Por último acrescente as avelãs e misture bem. Transfira para forminhas de cupcake, lembrando que essa massa cresce bem, e leve ao forno até que assem completamente. Se preferir também dá pra fazer em forma e bolo inglês.

——————————
em 2015: Quadradinhos de palha-italiana

Salvar

Salvar

Rocambole bicolor com doce de leite

rocambole bicolor listrado
Rocambole bicolor com massa simples e massa de chocolate, e recheio de doce de leite pra ficar ainda mais delícia!

Essa receita chegou pra mim, já deve ter uns 6 meses; veio no formato de vídeo, graças a uma querida amiga. Só que no lugar de um rocambole bicolor listradinho igual o meu, eram 3: um de onça, um de girafa, e um de zebra! Achei lindo, e também que seria extremamente difícil de fazer, então acabei enrolando horrores pra fazer…
rocambole bicolor listrado

Mas acabou que esse tal rocambole bicolor nem é tão difícil assim. A massa é simples de fazer e fica bem elástica, o que ajuda na hora de enrolar. Eu só tive que dobrar a quantidade de massa pra dar um rocambole de tamanho decente. (a receita abaixo já tá nas medidas que eu usei) E acabei trocando o recheio por um simples de doce de leite, que eu amacio com creme de leite. Mas isso dá pra trocar a vontade né gente? Use o seu recheio favorito!

A onça e a girafa eu deixo pra quando tiver mais controle do saco de confeiteiro; dessa vez foi listrado mesmo que é mais simples! Pra me ajudar a ter um controle maior eu desenhei, com lápis, no verso do papel manteiga, um quadriculado. E, igual o recheio, dá pra trocar esse desenho para o que você quiser!
rocambole bicolor listrado

Rocambole bicolor – original aqui

Massa branca
3 ovos
35ml de água
30ml de óleo
1 1/2 colher sopa de açúcar refinado
3 colheres sopa + 1 colher chá de açúcar refinado
7 colheres sopa de farinha de trigo

Massa Chocolate
3 ovos
35ml de água
30ml de óleo
1 colher sopa de açúcar refinado
3 colheres sopa de açúcar refinado
7 colheres sopa de farinha de trigo
3 colheres sopa e chocolate em pó 50%

Pra quem for usar cacau puro: as medidas de açúcar são as mesmas da massa branca e são apenas 1 1/2 colher sopa de cacau puro.

Recheio – sugestão
400g de doce de leite em pasta
cerca de 3 colheres sopa de creme de leite

Prepare uma forma de mais ou menos 30x40cm, forrando com papel manteiga. Eu aproveito e risco umas linhas no papel, com lápis, para ajudar na hora de desenhar com a massa. Também ligue o forno a 180° para ir aquecendo.

Para a massa branca bata as gemas com o primeiro açúcar, a água e o óleo. Quando espumar adicione a farinha, peneirada, e mistura bem até ficar homogêneo. Bata as claras em neve adicionando o segundo açúcar em três partes. Junte as claras à massa, também em três partes. Na primeira adição misture bem para incorporar completamente as claras e deixar a massa mais fácil e manusear. Nas adições seguintes apenas misture com delicadeza até as claras serem incorporadas.

Transfira a massa para um saco de confeitar e transfira para a forma fazendo o desenho desejado. Você pode usar uma sacola no lugar do saco de confeitar, como eu fiz, ou ignorar e ir na mão livre mesmo. Leve ao forno por cerca de 5min, apenas até a massa não estar mais completamente crua.

Enquanto isso faça a massa de chocolate. O processo é o mesmo da massa branca, adicionando o chocolate junto da farinha. Tem que peneirar ele também. Cubra a massa branca com a de chocolate, sem se preocupar muito com a aparência do bolo por cima já que é o fundo que vai aparecer. Volte ao forno por mais uns 10minutos, até que um palito inserido no bolo saia limpo. Mas não deixe dourar para não correr o risco de ele quebrar na hora de enrolar.

Com o bolo recém saído do forno retire da forma e passe uma espátula (ou faca) para facilitar separa-lo do papel manteiga. Espalhe o recheio formando uma camada fina sobre todo o bolo e enrole. A direção vai depender do desenho pensado e do tamanho final que você quer o rocambole. Aproveite o próprio papel em que ele foi assado para embrulhar o rocambole enrolado e leve à geladeira por pelo menos 2h para ele firmar. Depois é só servir!

 

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Muffins de limão com sementes de papoula

Muffins de limão com sementes de papoula! E não, essa receita não é a mesma do bolo de limão com sementes de papoula.
Muffins de limão com sementes de papoula

Já eu pra perceber que essa combinação é famosa né? E a fama toda é justificada pelo equilíbrio dos sabores. As sementes de papoula tem o sabor muito suave e um bolo com sabor muito forte poderia acabar apagando as coitadas do resultado final. É claro que dá pra fazer um bolo de limão mega ácido cujo sabor vai apagar todo o resto, mas normalmente essa não é a intenção né? Um leve aroma de limão já costuma deixar o bolo uma delícia, e sem brigar com os outros ingredientes.

Então o que esses muffins de limão tem de especial? Eles levam fubá!!! Eu tenho certa dificuldade em imaginar o fubá fora do angu ou da broa, mas foi uma surpresa muito boa. Ele dá mais sustância pra massa e não interfere no sabor (ponto pra ele). Ou seja, se você quer é fazer um bolinho fofinho, aconselho o bolo de limão dividido em forminhas de cupcake. O muffin de hoje é pra quem quer se alimentar com ele. Sabe quando a gente tá com pressa de manhã? Pega uma fruta, pega um muffin e pronto; dá até pra transformar num café em trânsito.

(confesso que ele também ficou ótimo pro lanche da tarde da preguiça)

Mudanças na receita? Dessa vez só o limão. A original é feita com limão siciliano como é costume em receitas estrangeiras. E eu fiz com o limão Taiti, como é costume aqui em casa. Dá certo, e fica gostoso. Mas sinta-se livre pra usar o seu favorito.
Muffins de limão com sementes de papoula

Muffins de limão com sementes de papoula – original aqui

2 xícaras de farinha de trigo
1 xícara de açúcar
5 colheres sopa de fubá
raspas de 1 limão
3 colheres sopa de semente de papoula
2 colheres chá de fermento em pó
1/2 colher chá de sal
2 ovos
75g de manteiga sem sal
1 colher chá de essência de baunilha
1 colher chá de extrato de limão*
3/4 xícara de leite
1/4 xícara de suco de limão

Glacê:
1 xícara de açúcar de confeiteiro
1 colher sopa de limão
2 colheres sopa de leite

* Não é essencial pra receita, mas se quiser dá pra fazer o extrato em casa mesmo: junta raspas de limão e vodka num vidrinho fechado e guarda num armário escuro por umas 2 semanas pelo menos. Pronto, extrato de limão feito.

Derreta a manteiga e reserve para amornar.
Misture, em uma vasilha, a farinha, o açúcar, o fubá, as raspas de limão, as sementes de papoula, o fermento e o sal. Adicione os demais ingredientes e misture tudo até ficar homogêneo.
Divida a massa em 12 forminhas de cupcake e leve para assar em forno aquecido a 200º até que dourem.
Depois de frio cubra com o glacê e, se quiser, decore com mais alguma sementes de papoula.

Salvar

Salvar

Bolo mousse de maracujá, porque verão pede bolo gelado

É bolo, mas é mousse de maracujá também. E nem tem tanta novidade, mas é daquelas receitas moleza de fazer que é sempre bom ter na manga. E ainda desmembra em 2 receitas que valem separadas, porque praticidade é sempre bem vinda!
bolo mousse de maracujá

O bolo mousse de maracujá aparece em vários sites/livros/programas com diferentes receitas. E todas tem seu valor. Aqui, eu quis usar receitas básicas e fáceis pra todo mundo, e que pudessem ser aproveitadas em outras ocasiões.

O que isso quer dizer: Quer usar só a mousse e servir em copinhos individuais? Vale! Quer usar só a mousse numa travessa pra família toda? Vale! Não gosta de maracujá e quer trocar por outra fruta? Pode. Quer aproveitar só o bolo? Claro! Faz numa caneca grande e assa no micro-ondas. Ou faz no forno convencional, é uma receita ótima pra quem mora só, já que rende um mini bolo.

Aliás, ainda falando do bolo, dá pra trocar o sabor dele apenas trocando o leite por suco de fruta. Na verdade eu só não fiz de maracujá porque fiquei com medo de ser muito azedume numa receita só… Se você não tem problemas com azedo, vai em frente!
bolo mousse de maracujá

Bolo Mousse de Maracujá

Bolo
1 ovo
4 colheres sopa de farinha de trigo
4 colheres sopa de açúcar
1 colher chá de fermento em pó
2 colheres sopa de óleo
2 colheres sopa de leite

Mousse de maracujá
1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite sem soro
300ml suco de maracujá*
quase** 2 pacotes de gelatina em pó

Cobertura
1 maracujá
2 colheres sopa de açúcar
2 colheres chá de gelatina em pó

calda simples – ou saborizada conforme o seu gosto

*eu uso suco natural, e pra evitar que fique aguado bato apenas a poupa e depois passo por uma peneira.

**quase porque são 2 pacotes de 12g (cada) dos quais a gente tira as duas colheres pra cobertura. Isso vai evitar que a mousse fique dura demais e que a cobertura fique escorrendo sobre o bolo.

Para preparar o bolo misture os ingredientes secos e então adicione o ovo, o leite e o óleo. Misture tudo até ficar homogêneo e transfira para uma forma redonda de fundo removível, untada e enfarinhada. Leve ao forno aquecido a 180° até que asse totalmente.

Depois que o bolo esfriar retire da forma e corte o topo. Você pode apenas nivelar o bolo ou corta-lo em uma fatia mais fina, conforme o gosto. Se quiser o bolo aparecendo no resultado final não corte mais nada; se quiser que apenas a mousse apareça, corte ligeiramente toda a lateral do bolo, tirando apenas a parte dourada, bem fininho mesmo. Lembre de soltar o bolo do fundo da forma também, é mais fácil agora do que com a mousse por cima.

Prepare a forma: corte uma tira alta de acetato e coloque por dentro de uma forma igual a usada para assar o bolo (Ou a mesma já lavada). Prenda o acetato com fita crepe, grampos ou que der certo pra você. Unte com bem pouco óleo, tanto o fundo da forma quanto o acetato. Transfira o bolo para essa forma preparada e molhe com bastante calda. Reserve.

No liquidificador bata os ingredientes da mousse, exceto a gelatina. Separe a parte da gelatina que será usada para a cobertura e hidrate o restante conforme a embalagem. Eu ignorei que tirei parte da gelatina e usei o total de água informado na embalagem. Gelatina hidratada é só bater novamente a mistura de maracujá juntando a gelatina. Transfira essa mousse pra forma com o bolo e leve ao congelador por 10 minutos.

Para a calda misture o açúcar e a poupa do maracujá e leve ao fogo baixo. Deixe ferver por 2min. Desligue o fogo, junte a gelatina e misture bem. Cubra a mousse com essa mistura e leve para a geladeira por pelo menos 8h.

Na hora de tirar da forma o acetato deve soltar facilmente; se não for o caso use uma faca afiada para ajudar.

——————————
Em 2015: Mojito a la Roman

Salvar

Salvar

Bolo árvore de natal – especial de natal

Bolo árvore de natal. É bolo, e é árvore de natal. E eu não acreditei que esse bolo fosse mesmo sair viu….
bolo árvore de natal

Já tem tempo que tô sonhando em esculpir bolos, e achei que um cone era uma forma fácil de esculpir… Cone, pinheiro, árvore de natal… Não precisei pensar muito né?
A pedidos, a parte interna foi bolo de baunilha (o basicão daqui do Cozinha mesmo) com recheio de beijinho. E fica aqui a primeira dica: não use coco em flocos!! Ele é uma delícia pra comer, mas um saco pra trabalhar o bolo. Prefira o coco ralado pequenininho mesmo, porque quanto mais homogêneo o recheio mais fácil depois. Aliás, tô colocando nele a culpa da minha árvore ter ficado meio cambeta prum lado…rs

(mentira, a culpa foi da cozinheira mesmo, mas apaixonei com a árvore mesmo cambeta viu.)

Por fim a cobertura. Pra mim a ganache é o ideal pra esse tipo de receita: dá pra modelar bem e agrada todo mundo. Usei uma de chocolate branco com corante verde-folha. Mas atenção pro tipo de corante, tem que ser próprio pra chocolate. E por fim os confeitos: essa é a parte mais divertida! Use tudo que der vontade: mini confetes, confeitos estrelados, miçangas, essa é a hora de brincar!
bolo arvore de natal partido

Bolo árvore de natal

Bolo
200g de manteiga sem sal
1 3/4 xícaras de açúcar refinado
2 1/2 colheres chá de essência de baunilha
5 ovos
3 xícaras de farinha de trigo
3 colheres chá de fermento químico
3/4 colher de chá de sal
1 1/4 xícara de leite

Recheio
2 latas de leite condensado
200g de coco ralado – não use em flocos pq esse complica sua vida
50g de manteiga sem sal

Cobertura
500g de chocolate branco
150g de creme de leite de caixinha
corante verde em gel – próprio para chocolate

Xarope simples
Confeitos variados
Enfeite de estrela

No dia anterior:
Peneire a farinha com o fermento e o sal e reserve.
Bata a manteiga com o açúcar até formar um creme fofo. Junte os ovos, um a um,  e a baunilha e continue batendo entre cada adição até ficar homogêneo. Diminua a velocidade (da batedeira ou do braço) e adicione 1/3 da mistura farinha, depois metade do leite; mais 1/3 da farinha e o restante do leite; e por último o restante da mistura de farinha. Quando tudo estiver incorporado divida a massa em 3 formas redondas untadas e com papel manteiga no fundo. Eu usei uma de 15cm e duas de 13cm, mas quem tiver uma menor pode fazer uma de 13 e uma menor. Leve ao forno, aquecido a 200° até que dourem.

Deixe os bolos esfriarem bem antes de trabalhar com eles. Enquanto isso faça o xarope simples, fervendo uma medida de água junto com uma medida de açúcar. Faça também o recheio. Leve todos os ingredientes ao fogo médio e misture até chegar ao ponto de enrolar brigadeiro. Deixe esfriando antes de usar também.

bolo arvore de natal - preparo

Desenforme os bolos, nivele e corte cada um ao meio. Um dos bolos de 13 eu cortei em um círculo menor, usando uma tigelinha daqui de casa como guia. Molhe bem cada fatia de bolo com o xarope já frio. Recheie cada bolo, volte com ele para a forma e cubra com filme plástico. Agora eles vão dormir na geladeira, por pelo menos 8h, ou de uma dia pro outro.
Faça ainda a cobertura: em banho maria junte o chocolate, o creme de leite e o corante e misture até ficar homogêneo. Retire do banho-maria, tampe a vasilha e deixe dormir fora a geladeira para firmar suavemente.

No dia seguinte:
Se for usar uma bailarina (aquele prato próprio pra confeitar, que gira na base) use uma base de papelão para empilhar o bolo e depois transferir para o prato de servir. Ou também dá pra já montar no próprio prato.
Empilhe os bolos já recheados, usando um pouquinho da cobertura para grudar um no outro. Tome cuidado para que cada bolo fique no centro do bolo de baixo, para que a árvore não fique muuito torta no final.
Com uma faca de serra corte o bolo em cone. Eu usei um cortador de biscoito redondo pra definir a menor parte e fui cortando em direção a base. Mantendo o bolo maior com os 15cm originais. Não preocupe com a ponta agora, foque em deixar o cone o menos torto possível. (falhei miseravelmente nessa, mas segue vida)

bolo arvore de natal - preparo

Com as rebarbas do bolo a gente faz a ponta: como num cake-pop, amasse o bolo com recheio e modele um conezinho com a base igual a ponta do cone maior. Essa será a ponta da árvore. Use um pouco da cobertura para colar os dois.
Cubra o bolo com uma camada fina da cobertura, apenas para segurar os farelos, e leve para gelar por pelo menos 1h. Depois cubra com o restante da cobertura, alisando bem.
Daí é só enfeitar. Eu usei açúcar colorido verde na árvore toda, para dar um brilho. Depois cobri com confeitos redondos e de estrela, bem coloridos. E finalizei com miçanguinhas douradas. A estrela da ponta ficou por conta de um pingente emprestado da cozinheira mãe.

——————————–
Em 2015: Biscoito Homem de Gengibre

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar