Bombons de menta e limão – #cozinhadebruxa

Bombons de menta e limão com um pequeno detalhe especial pra esse Halloween: o formato de olhos!!
bombons de menta e limão

Esses bombons são um bom exemplo de equilíbrio de sabores! A refrescância da menta e do limão formam um contraponto exato para a doçura do chocolate branco. E a base do creme usado como recheio pode ser adaptada para qualquer tipo de sabor. Combinado com as possibilidades de chocolates diferentes na casquinha: infinitas opções de bombons!!

Isso porque a base é uma ganache de chocolate branco com leite saborizado. Então, no lugar de ferver folhas de hortelã, você pode usar qualquer outro saborizante que quiser. Um exemplo de combinação? Raspas de laranja no lugar da hortelã e chocolate meio amargo para a casquinha! Isso também acontece com o suco de limão e o licor. Na receita original eram duas colheres de limão, mas queria um sabor de menta mais forte e troquei uma por licor. Dá pra usar só limão, ou outra bebida qualquer!
bombons de menta e limão

Agora o charme mesmo é o formato né? O passo a passo pra montar esse olhão está na receita abaixo, mas aqui fica o detalhe da forma: é de bombom cereja! Você pode adaptar para formar  de círculo inteiro sem problema. Mas pra quem não tem nenhuma, essas de meio círculo são mais fáceis de encontrar, e normalmente mais baratas. E claro, você pode fazer bombons de menta no formato que quiser né?

Último detalhe: esse post já tá enorme, então foquei na montagem do bombom. Pra quem não tem experiência em temperagem de chocolate (e pra quem nunca ouviu falar nisso) tem um post completo AQUI. Lá tem como eu faço, como evitar erros e mais alguns links interessantes pra quem quer aprender.
bombons de menta e limão

Bombons de menta e limão – original aqui

1/2 xícara de leite
10 folhas de hortelã
150g chocolate branco
1 colher sopa de limão
1 colher sopa de licor de menta*
corantes preto, verde e branco (uso dióxido de titânio)
250g de chocolate branco – para a casquinha
Forminhas redondas ou meio círculo

*pode ser opcional, veja texto acima

Ferva o leite com as folhas de hortelã picadas. Assim que ferver desligue o fogo, e tampe a vasilha. Espere cerca de 5min. Enquanto isso derreta os 150g de chocolate branco. Coe o leite, descartando as folhas, e misture com o chocolate derretido, o limão e o licor. Quando tiver uma mistura homogênea leve para a geladeira para firmar.

Pra facilitar minha vida já coloquei o creme no saco de confeiteiro, com o bico fechado com um pregador, e fechei bem a parte de cima também. Mas se preferir você pode deixa-lo esfriar em uma vasilha e depois transferir para o saco, ou usar uma colher para rechear os bombons.

Enquanto o recheio esfria prepare as casquinhas: Divida o restante do chocolate branco em três partes: 20g, 50g e 180g. Tempere e adicione os corantes a cada uma individualmente, pra não ter confusão. Primeiro a menor parte: adicione corante preto e tempere o chocolate. Então faça pequenas bolinhas no centro de cada forminha e leve para a geladeira.

Derreta então a porção de 50g e se quiser adicione 1/4 colher chá de dióxido de titânio, mas é opcional já que o chocolate já é claro. Tempere o chocolate e faça círculos no fundo de cada forminha, cobrindo totalmente o chocolate preto. Volte com eles para a geladeira. Só então adicione o corante verde ao restante do chocolate e tempere. Preencha cada forminha com um pouco do chocolate verde e espalhe pelas laterais. Como a forma vai estar gelada o chocolate vai segurar mais fácil, só tenha certeza de cobrir toda a lateral de cada forminha. Daí é só voltar para a geladeira.

Quem tem o hábito de fazer bombons e tem outra técnica, fique a vontade pra contar nos comentários. Quanto mais jeitos melhor!

Deixe o chocolate secar totalmente e só então recheie com o creme de menta. Com o restante do chocolate cubra os bombons e retire o excesso com uma espátula (ou o lado liso de uma faca). Espere algumas horas para que tudo firme junto e só então desenforme seus bombons de menta e limão.

Dica: o chocolate está pronto para desenformar quando a forma fica opaca; isso quer dizer que ele já soltou da forma!

—————————–

Em 2014: Babka de canela
Em 2015: Suco laranjão

Salvar

Salvar

Salvar

Cookies de chocolate e menta pra se apaixonar!

Cookies de chocolate e menta, porque eu amo essa combinação! Ainda mais no formato de cookies macios e com pedaços de chocolate no meio…
cookies de chocolate e menta

Esses cookies vieram do site da Nigella e, como a maioria das receitas dela, é beeeeem rica! Os cookies são macios, com bastante chocolate em pó e ainda mais pedaços de chocolate. Pra quem ama cookies ricos essa é a receita ideal. Mas pra quem prefere cookies mais crocantes, finos ou leves, é melhor procurar outra. Isso porque a ideia aqui é adaptável pra outras receitas.

Já falei que amo um adaptável, substituível, customizável?

Pra isso basta pegar a receita do glacê de menta e usar na sua receita favorita de cookie de chocolate. Agora, adorou a ideia dos cookies mega ricos mas odeia o menta do cookies de chocolate e menta? Tranquilo! O licor só vai no glacê, então é só pular essa parte e pronto: cookies deliciosos pra você também!
cookies de chocolate e menta

Não tem licor de menta? Dá pra usar extrato. A receita original tem o glacê beeem diferente e usa extrato de menta, então tudo bem. Só não umedece o açúcar apenas com o extrato porque vai ficar super forte. Começa com água pura e vai acrescentando a menta aos poucos. E se quiser verdinho é só acrescentar um pouco de corante junto. O segredo nesse caso é o “aos poucos” já que não tem medida exata.

Agora que todos os poréns e todas as mudanças foram abordados… Vai fazer esse biscoito que ele é uma delícia!! E não esquece de tirar uma foto e marcar a gente (cozinharoman em TODAS as redes sociais) pra eu poder ver!

Cookies de chocolate e menta – original aqui

100g de manteiga pommade
6 colheres sopa de açúcar mascavo
1 colher chá de baunilha
1 ovo
1 xícara de farinha de trigo
2/3 xícara de chocolate em pó 50%
1/2 colher chá de fermento em pó
1 xícara de chocolate em gotas – ou picado

1/2 xícara de açúcar de confeiteiro
licor de menta – quanto baste

Bata a manteiga e o açúcar até formar um creme. Junte o ovo e a baunilha e bata novamente. Quando conseguir uma mistura homogênea junte farinha, chocolate em pó e picado e fermento e misture apenas até incorporar. Divida a massa em colheradas, formando uma bolinha com cada uma, e transfira para uma assadeira com papel manteiga. Deixe cerca de 2cm entre cada uma. Asse em forno, já aquecido a 200C, por cerca de 15min. Deixe esfriar na forma mesmo.

Enquanto isso prepare o glacê: vá adicionando o licor ao açúcar de confeiteiro e misturando até obter uma consistência de mel. Espalhe o glacê sobre os biscoitos como preferir e espere secar antes de servir.

—————————

Em 2014: Lemon Curd Misto

Mojitos especiais pra São Patrício

Por aqui somos fãs de mojitos e isso não é segredo pra ninguém, certo? Já tivemos mojitos a moda da casa, de melancia, e até de cerveja! E agora é hora de um especial pro feriado do mês: St. Patrick’s Day. Ou dia de São Patrício; No original em inglês ou em português a história é a mesma:

Os irlandeses católicos reservam o dia 17 de março para celebrar o dia de Patrício, missionário cristão, que depois virou bispo, e acabou se tornando o Santo padroeiro da Irlanda. Calma que eu já chego nos mojitos. A festa acabou chegando aqui bem despida do caráter religioso e mais como uma celebração da cultura irlandesa. E isso pode incluir as cores verde, laranja e branco, da bandeira, e dourado das moedas de ouro dos leprechauns. Além dos símbolos do trevo de quatro folhas e do arco-íris.

(eu falo um pouquinho mais disso no post dos biscoitos arco-íris)
mojitos especiais pra São Patrício

A bebida mais comum no St. Patrick’s Day é a cerveja, especialmente a Guinness que é tradicional da Irlanda, seguida imediatamente do Whiskey. Mas por aqui não teremos nenhum dos dois esse ano. Pra quem quer comemorar mas não é fã nem de whiskey nem de cerveja preta dá pra escolher drinks com a cor verde. E o que não falta é receita com licor de menta! Aqui em casa o escolhido foi o mojito. Bastou trocar o açúcar e as folhas de hortelã pelo licor de menta e pronto, drink completamente diferente.

Puristas dirão que isso não é um mojito. Por mim tudo bem, eu só peço que experimentem e deem sugestões de um nome novo então. 😉

Mojitos de St Patrick
serve 1

caldo de 1 limão – escolha seu favorito
1 dose de rum
1/3 dose de licor de menta
soda limonada
muito gelo

Em uma coqueteleira cheia de gelo bata o rum, o licor e o limão até que tudo esteja bem gelado. Transfira para um copo e complete com soda limonada. Se o drink vai ser longo ou curto fica a seu critério. Num dia muito quente sirva em um copo cheio de gelo.

——————————-
Em 2015: Patê de ricota (ou seria molho?)

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Quase Magali

Sexta é dia de drink e o de hoje mistura melancia com gin!

Drink docinho, no estilo suco batizado, pra passar a tarde bebendo: somos fãs, certo?
Essa é uma variante do Magali, lá do MeuDrink, que já uma variante do Gin Tônica. Explico. O Magali é meio que um Gin Tônica com melancia. Mas eu cortei a água tônica e fiz meio que uma melancia atômica de gin. Ou um quase Magali.
(Nomes de drinks e eu não combinamos…)
O resultado é uma delícia e pode ser ou suave ou mega forte de acordo com o gosto de cada um. E claro, dá pra dobrar, triplicar a receita do suco, deixar a jarra na mesa e cada um montar seu drink com a quantidade de gin escolhida!

Quase Magali – original aqui

4 xícaras de melancia em cubos
10 folhas de menta*
2 colher sopa de limão
100ml de água gelada
açúcar – opcional
gin
gelo

*eu usei menta pq eu tenho na horta de casa, mas hortelã dá o mesmo resultado.

Bata a melancia com a água o limão e a menta até conseguir um suco. Prove pra ver se precisa de açúcar, isso vai depender muito da melancia usada.
Coloque algumas pedras de gelo em um copo longo, adicione uma dose de gin e complete com o suco de melancia.
A proporção de gin e suco depende do gosto de cada um.

————————————
Em 2014: Pão de abóbora
Em 2015: Pato com Laranja

Salvar

Salvar

Salvar

Bolo de menta com chocolate

Uma das melhores (na minha opinião) combinações de sabores em forma de bolo! E o melhor, em forma de bolo fofinho e com uma cor linda! E o melhor do melhor: sem adição de essências totalmente sintetizadas em laboratório. O gosto de menta vindo direto da planta mesmo!
bolo de menta com chocolate 2Essa receita é mais uma que veio do Projeto Banquete e, como a redução de balsâmico, é uma delícia! A única alteração eu nem sei bem se conta como alteração. No original parece que foi usada hortelã e eu usei menta.

(pausa pra jardinagem: menta e hortelã são meio que primas, de sabor e forma bem parecidos, mas não são exatamente a mesma planta. Normalmente você consegue substituir uma pela outra em qualquer receita e tudo bem. Curiosos cliquem aqui)

Tirando a dúvida menta X hortelã, a única diferença é que no Projeto Banquete o bolo era de festa e ganhou recheio e coberturas, que eu ainda quero provar. Já aqui em casa era bolo pro café e fomos só de calda de chocolate bem da básica mesmo. Aliás, calda que é um truque ótimo pra dar um tchan em qualquer bolo, e melhor amiga do bolo de cenoura aqui em casa.
bolo de menta com chocolateBolo de menta – original aqui
xícara 240ml

1 xícara de farinha
1 xícara de açúcar
3 ovos
⅓ xícara de óleo vegetal
raspas de ½ limão
suco de ½ limão
½ xícara de folhas de menta*
½ colher sopa de fermento químico
50g de chocolate meio amargo picado

* para medir a meia xícara: descarte os galhos e pressione as folhas na xícara até chegar a medida. Sem a pressão da mão parece que é mais, mas é assim mesmo.

Unte e enfarinhe um forma de 20cm de diâmetro e ligue o forno a 180° pra ir aquecendo.
Em uma vasilha peneire a farinha e o açúcar e reserve. No liquidificador bata os ovos, o óleo, as raspas e o suco do limão e as folhas de menta. Quando estiver uma mistura homogênea verta sobre a farinha e o açúcar. Misture delicadamente até incorporar todos os ingredientes. Adicione o fermento e misture apenas um pouco.

Agora, pra adicionar o chocolate existem alguns truques para que ele não fique todo no fundo do bolo, mas nenhum nunca funcionou comigo. Essa receita fala pra colocar um pouco da massa na forma, depois colocar o chocolate no restante da massa, misturar e transferir para a forma. Eu fiz e alguns pedaços realmente não afundaram, mas a maioria sim. De qualquer forma, o bolo fica bom.

Com a massa na forma é só levar ao forno, que já vai estar quente, por cerca de 40-50min, até que passe no teste do palito. Espere amornar antes de desenformar.

Calda de chocolate – original com a minha mãe…

3 colheres sopa de manteiga sem sal
3 colheres sopa de açúcar refinado
3 colheres sopa de chocolate em pó – 50%
9 colheres sopa de leite integral

É só misturar tudo e levar ao fogo até começar a engrossar. Não chega a atingir ponto de fio, só começa a engrossar mesmo. Use ainda quente que depois de fria ela engrossa mais.

Salvar